segunda-feira, abril 15

Juiz Paulo Torres é assassinado a tiros em Jaboatão

Juiz foi vítima de um crime brutal que ocorreu em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes; investigações estão em andamento.

uiz de direito Paulo Torres Pereira da Silva, da 21ª Vara Cível da Capital. Foi assassinado na noite desta quinta-feira (19), em Jaboatão dos Guararapes – Foto: Reprodução das redes sociais

Na noite da última quinta-feira (19), o Juiz de Direito da 21ª Vara Cível da Comarca do Recife. Paulo Torres Pereira da Silva, de 69 anos, teve sua vida ceifada de forma trágica. O magistrado foi brutalmente assassinado a tiros enquanto trafegava em seu veículo Honda WR-V, em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes.

O terrível incidente ocorreu por volta das 20h, na rua Maria Digna Gameiro, quando homens a bordo de um veículo Chevrolet Ônix vermelho se aproximaram e, de maneira audaciosa, abriram fogo contra o juiz. O ataque, que chocou a todos, demonstra a ousadia dos criminosos em perpetrar um assassinato, em uma área residencial.

As autoridades competentes, comandadas pelo Delegado de Homicídios, iniciaram imediatamente as investigações para elucidar o brutal assassinato de Paulo Torres Pereira da Silva. Um respeitado magistrado conhecido por sua dedicação à causa da justiça.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi prontamente acionado e chegou ao local do crime. Mas infelizmente, nada pôde ser feito para salvar a vida do juiz. O médico Alex Damásio oficializou o óbito, deixando a comunidade jurídica em luto.

Em uma entrevista exclusiva, uma advogada que teve a honra de atuar ao lado de Paulo Torres em diversos julgamentos na cidade do Recife. Compartilhou suas experiências com o magistrado.

A busca pelos responsáveis pelo assassinato do Juiz Paulo Torres Pereira da Silva continua. E a comunidade jurídica clama por um desfecho que faça justiça a esse crime cometido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *