quinta-feira, junho 20

Execução em Barra de Jangada, homem é morto a tiros por motociclistas

Pedro Guimarães, 34 anos, foi assassinado em Jaboatão dos Guararapes, na praia de Barra de Jangada. Autoria e motivação da execução ainda são desconhecidas.

Execução em Barra de Jangada, homem é morto a tiros por motociclistas. Foto: Sanchilis Oliveira / Fala News
Execução em Barra de Jangada, homem é morto a tiros por motociclistas. Foto: Sanchilis Oliveira / Fala News

Na noite de segunda-feira (18), um crime chocou a comunidade de Barra de Jangada, localizada no Grande Recife. Pedro Guimarães, de 34 anos, foi brutalmente executado dentro de seu veículo por indivíduos em uma motocicleta. As autoridades confirmaram o ocorrido nesta terça-feira (19), classificando o caso como um homicídio consumado.

De acordo com informações preliminares, o terrível episódio ocorreu na Avenida Presidente Castelo Branco, enquanto Guimarães conduzia seu carro pela região. Testemunhas relatam que uma motocicleta, ocupada por dois desconhecidos, aproximou-se rapidamente do veículo da vítima. Sem qualquer aviso, um dos ocupantes da moto efetuou diversos disparos contra Pedro Guimarães, ceifando-lhe a vida de forma abrupta. Logo após o ato, os criminosos empreenderam fuga, deixando para trás um rastro de perplexidade e medo.

A corporação responsável pela investigação, por meio de uma nota oficial, esclareceu que o caso está sendo tratado pela equipe de Força Tarefa de Homicídios Metropolitana Sul. Os detalhes do ocorrido foram enfatizados: “Um homem de 34 anos foi encontrado sem vida, com perfurações de arma de fogo, dentro de um veículo”.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Os detalhes macabros revelam a brutalidade do ato criminoso. Segundo fontes próximas à investigação, foram identificadas pelo menos dez perfurações no corpo da vítima, indiciando uma ação violenta e premeditada. Contudo, até o momento, tanto a autoria quanto a motivação por trás deste hediondo crime permanecem envoltas em mistério, deixando a comunidade local em estado de apreensão e insegurança.

📲Siga nosso perfil no Instagram

O Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife foi acionado para realizar os procedimentos necessários e o corpo de Pedro Guimarães foi encaminhado para autópsia, visando elucidar os detalhes deste terrível episódio.

As investigações seguem em andamento, com o intuito de trazer à luz a verdade por trás deste ato de violência. Até que os responsáveis sejam identificados e levados à justiça, a população permanece em alerta, clamando por segurança e justiça diante deste trágico acontecimento.🔍🚨

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *