quarta-feira, julho 24

Produtor de Brega Funk é Assassinado na Orla de Olinda

Produtor José Otávio de Queiroga Maciel Júnior. Conhecido como Mano Queiroga, é vítima de ataque a tiros na manhã de domingo.

Produtor de brega funk é morto a tiros ao sair da praia na orla de Olinda
Produtor de brega funk é morto a tiros ao sair da praia na orla de Olinda. Foto: Reprodução

Olinda, 22/10 – Na manhã deste domingo, o produtor José Otávio de Queiroga Maciel Júnior, um homem de 43 anos, mais conhecido como “Mano Queiroga”. Foi brutalmente assassinado a tiros na orla de Bairro Novo. O crime aconteceu por volta das 11h, próximo ao icônico letreiro “Olinda,” nas proximidades da Avenida Ministro Marcos Freire, à beira-mar, com a Rua Eduardo de Morais.

Testemunhas, que preferem não se identificar, relataram que Mano Queiroga. Vestindo uma camisa branca e uma bermuda azul, estava deixando a praia quando um carro diminuiu a velocidade ao passar por ele. De acordo com os relatos, o veículo parou, e um criminoso desceu, disparando vários tiros contra a vítima. O ataque direcionou-se à cabeça de Queiroga, e logo após o ataque, o agressor retornou ao carro e fugiu do local.

Minutos depois, a Polícia Militar chegou ao local e isolou a área. Uma equipe de peritos realizou a perícia no local do crime, e o corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, no Centro do Recife. As investigações estão em andamento, e um inquérito policial foi instaurado para esclarecer os detalhes do ocorrido.

José Otávio de Queiroga Maciel Júnior era mais do que apenas uma vítima. Conhecido nas redes sociais como Mano Queiroga, ele era um empresário de MCs do cenário do brega funk. Além disso, Queiroga estava à frente do projeto “Invasão,” que tinha como objetivo promover ações sociais em comunidades de Olinda.

Horas antes do trágico incidente, Mano Queiroga compartilhou um vídeo em seu perfil no Instagram. Nele, anunciava sua participação em um encontro promovido pelo projeto “Invasão.” O evento prometia a distribuição de brindes e contava com a participação de diversos MCs, em uma demonstração de seu compromisso com a comunidade e a cultura local.

O assassinato de Mano Queiroga deixa uma grande lacuna na cena musical do brega funk e na comunidade que ele serviu. Amigos, familiares e fãs lamentam a perda de um homem que não apenas impulsionou a carreira de muitos artistas, mas também dedicou sua energia a causas sociais em Olinda. Enquanto as autoridades continuam investigando o caso, a cidade espera por respostas e justiça para o trágico fim de um empresário dedicado e influente na cena musical de Olinda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *