segunda-feira, maio 27

Quatro principais pré-candidatos a prefeitura de Jaboatão deverão protagonizar o debate de 2024

Cenário da pré-campanha se confirmado aponta no sentido de segundo turno

Jaboatão
Imagens: Divulgação 
As eleições municipais que ocorrerão em outubro de 2024, já começaram a entrar na ordem do dia quando o assunto é política, e a disputa pelo executivo municipal, no caso de Jaboatão dos Guararapes, segunda maior cidade de Pernambuco, e está na lista das 30 maiores cidades do Brasil.
Governada atualmente pelo grupo da Família Ferreira, que teve até o início de 2022 o ex-prefeito Anderson Ferreira (PL) como gestor do município, que agora segue governado pelo vice-prefeito Luís Medeiros (PL), que assumiu o comando com a saída do titular, que disputou a eleição para governador no ano passado.
Candidato natural a reeleição, o prefeito Luís Medeiros, já foi confirmado por seu partido e pelo deputado André Ferreira como o nome na disputa pela continuidade do poder da família Ferreira.
Outros nomes de peso que deverão estar concorrendo a eleição em 2024, são o do ex-vereador Daniel Alves (PV), que atualmente preside do Partido Verde de Jaboatão, e em 2020, ficou em segundo lugar com mais de 81 mil votos, ele busca a confirmação de seu nome como representante da Federação formada pelos partidos PT, PCdoB e PV, na corrida pela prefeitura. Daniel atualmente é o principal líder da oposição ao grupo da família Ferreira que governa a cidade.
A deputada federal Clarissa Tércio (PP), é lembrada para disputar a prefeitura, isso porque saiu bem votada no último pleito de 2022, obtendo pouco mais de 30 mil votos, perdendo apenas para André Ferreira que obteve 36 mil votos. De perfil ultraconservador e bolsonarista de carteirinha, caso entre na disputa a deputada deverá tirar o sono dos Ferreiras, pois ela disputará os mesmos votos que Luís Medeiros, já que é do grupo do PL partido do ex-presidente, e teve seu concunhado Anderson disputando o governo no palanque de Bolsonaro.
Quem deverá retornar a cena eleitoral de Jaboatão também é o ex-prefeito por dois mandatos, Elias Gomes (MDB), que já começou suas movimentações e articulações visando a disputa pela prefeitura para um eventual terceiro mandato. Experiente e testado na política, Elias é um animal político como ele se autodenomina, e não deve ser subestimado pelos políticos locais.
O cenário político de Jaboatão se confirmado nessa conjuntura, deverá empurra a disputa para o segundo turno, com essas quatro candidaturas. Outros partidos verão ter seus representante disputando no primeiro turno, o que aumenta as chances da decisão ser tomada na segunda etapa, quando os dois mais votados se enfrentam, com igualdade de condições segundo as regras eleitorais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *