sexta-feira, maio 24

Governo anuncia investimento de R$ 75 bilhões para fortalecer o agronegócio familiar

Plano Safra da Agricultura Familiar traz mudanças significativas em relação ao governo anterior e oferece condições especiais de financiamento

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após o anúncio de um investimento de R$ 364 bilhões para o Plano Safra 2023-2024, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva divulgou, nesta quarta-feira (28), o Plano Safra da Agricultura Familiar. Essa iniciativa marca uma grande mudança em relação ao governo anterior, que não diferenciava pequenos e grandes agricultores no financiamento agrícola.
O ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Paulo Teixeira, destacou que o programa destinará o maior valor já disponibilizado para o setor — segundo suas informações, serão destinados R$ 75 bilhões para os agricultores familiares. No entanto, fontes indicam que esse valor pode chegar a R$ 77 bilhões, contemplando o financiamento da produção agrícola e de máquinas e equipamentos.
“Serão cerca de R$ 75 bilhões para agroecologia, produção totalmente sustentável e para aquisição de máquinas. Também vamos relançar o programa Mais Alimentos, voltado para a compra de equipamentos, com um aporte de aproximadamente R$ 8 bilhões. No total, serão R$ 75 bilhões no Plano Safra”, afirmou Teixeira.
A proposta do governo é oferecer taxas de juros mais baixas no Plano Safra para a Agricultura Familiar em comparação com o agronegócio. Além disso, serão disponibilizadas linhas especiais de crédito com juros reduzidos para investimentos em insumos agrícolas, além de benefícios adicionais para mulheres envolvidas na agricultura familiar, cujas taxas de juros devem ser ainda mais reduzidas.
No Plano Safra do agronegócio, as taxas de juros variam em média de 10%, com 12,5% para grandes produtores, 8% para médios produtores e 7% para agricultura sustentável ou de baixo carbono. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva antecipou que o programa de financiamento da agricultura familiar terá uma linha de crédito com juros significativamente abaixo de 10%.
“Estamos disponibilizando empréstimos de R$ 364 bilhões para os agricultores do agronegócio com juros de 10%. Amanhã (quarta-feira), vamos lançar o programa da agricultura familiar de R$ 75 bilhões, com uma taxa de juros menor do que essa”, afirmou. A cerimônia de lançamento do programa de financiamento da agricultura familiar está marcada para as 10h, no Palácio do Planalto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *