domingo, fevereiro 25

STF realiza exposição sobre os ataques de 8 de janeiro

A mostra do Supremo Tribunal Federal (STF) retrata a superação após depredações, expondo vestígios do ataque e destacando esforços na restauração do patrimônio e da democracia.

STF realiza exposição sobre os ataques de de 8 de janeiro. Foto- Joedson Alves
STF realiza exposição sobre os ataques de de 8 de janeiro. Foto- Joedson Alves

Há um ano, a Praça dos Três Poderes, em Brasília, foi palco de atos de vandalismo que marcaram a história do Supremo Tribunal Federal (STF). Agora, o tribunal promove uma exposição única para narrar e preservar esse capítulo delicado: “Após 8 de janeiro: Reconstrução, memória e democracia”.

🏛️ A iniciativa tem como objetivo fundamental preservar a memória institucional do STF, destacando a resistência diante da tentativa golpista e ressaltando os esforços hercúleos das equipes envolvidas na reconstrução e restauração do patrimônio da Suprema Corte.

Parte significativa da exposição consiste no projeto “Pontos de Memória”, implementado imediatamente após os atos antidemocráticos. Nele, serão expostas peças danificadas, fragmentos resultantes da violência e outros vestígios físicos do ataque. Essa seção, além de chocante, pretende retratar a crueza dos eventos ocorridos naquele fatídico 8 de janeiro.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

🖼️ A cerimônia de abertura da mostra está agendada para a próxima segunda-feira, 8, às 14h, no Hall dos Bustos. O presidente do STF, ministro Luís Roberto Barroso, estará presente, assim como os demais ministros, autoridades e convidados. A presença de líderes do tribunal sublinha a importância que o evento tem para a instituição.

Durante a exposição, os visitantes terão a oportunidade de mergulhar nas cenas que simbolizam a retomada das atividades da Casa, após a investida contra a democracia. Essa parte da mostra busca não apenas relembrar os momentos de tensão, mas também destacar a resiliência e a determinação na defesa dos princípios democráticos.

🌐 A exposição também ganha um caráter informativo ao revelar os esforços coordenados para restaurar o patrimônio do STF. O processo de reconstrução, muitas vezes invisível aos olhos do público, será evidenciado por meio de imagens, vídeos e relatos que ilustrarão a dedicação das equipes envolvidas.

📲Siga nosso perfil no Instagram

É importante ressaltar que a exposição não busca atribuir culpados, mas sim construir uma narrativa que estimule a reflexão sobre a importância da preservação da democracia e do respeito às instituições. A presença de autoridades e convidados reforça a união em torno desses valores fundamentais.

🤝 Ao concluir a visita, os espectadores serão convidados a deixar mensagens de apoio e solidariedade, criando assim um espaço de respeito e empatia. A exposição “Após 8 de janeiro: Reconstrução, memória e democracia” aspira a ser não apenas um testemunho dos desafios enfrentados, mas também uma celebração da resiliência e do compromisso com a democracia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *