sexta-feira, abril 19

Investigação da Lesa Pátria mira suspeitos de financiar tentativa de golpe há um ano

Nova etapa da investigação da Operação Lesa Pátria busca identificar financiadores do golpe de Estado que completa um ano, com danos estimados em R$40 milhões.

Suspeitos de financiar tentativa de golpe são alvos da Lesa Pátria. Foto - Polícia Federal
Suspeitos de financiar tentativa de golpe são alvos da Lesa Pátria. Foto – Polícia Federal

Nesta segunda-feira (8), a Polícia Federal (PF) iniciou a 23ª fase da Operação Lesa Pátria, dando continuidade às investigações sobre os responsáveis pela tentativa de golpe de Estado ocorrida há exatamente um ano. Naquela ocasião, as sedes dos Três Poderes foram invadidas e depredadas por grupos insatisfeitos com os resultados das eleições que levaram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao poder.

O Supremo Tribunal Federal (STF) expediu um total de 46 mandados de busca e apreensão, juntamente com um mandado de prisão preventiva, este último destinado à Bahia. As ações de busca e apreensão estão sendo realizadas em diversos estados do país, incluindo Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Maranhão, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. 🕵️‍♂️

A PF informou que, como parte das medidas cautelares, foi determinada a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados. Estima-se que os danos causados ao patrimônio público durante a tentativa de golpe possam atingir a expressiva cifra de R$40 milhões.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Diante da gravidade das acusações, os suspeitos estão sujeitos a responder por uma série de crimes, segundo os investigadores. Entre eles, destacam-se a abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Em uma coletiva de imprensa realizada durante a manhã, o porta-voz da PF, destacou a importância das ações desenvolvidas nesta nova fase da Operação Lesa Pátria. “Estamos comprometidos em esclarecer os fatos e levar à Justiça os responsáveis por atentados contra a democracia. A colaboração entre a PF e o STF é fundamental para o sucesso das investigações”, afirmou o porta-voz.

A população aguarda ansiosa por mais informações sobre os desdobramentos dessa operação, que se tornou símbolo da luta contra ameaças à estabilidade democrática no país. Nas redes sociais, cidadãos expressam suas opiniões e esperam que a justiça seja feita, independentemente de posicionamento político.

📲Siga nosso perfil no Instagram

As investigações continuam em andamento, e a PF ressalta que todas as medidas estão sendo tomadas dentro dos parâmetros legais, garantindo o devido processo legal aos envolvidos. O Ministério Público Federal (MPF) acompanha de perto o desenrolar dos acontecimentos, visando assegurar a transparência e a imparcialidade do processo.

A Operação Lesa Pátria reforça a importância do Estado de Direito e ressalta a necessidade de preservar as instituições democráticas. Enquanto o desfecho dessa investigação aguarda, a sociedade brasileira permanece atenta, confiante de que as autoridades cumprirão seu papel na busca pela verdade e justiça. 🕵️‍♂️🇧🇷

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *