sexta-feira, abril 19

Senadora Teresa Leitão elogia aniversário do PT

Durante sessão plenária, a senadora ressalta os 44 anos do Partido dos Trabalhadores e defende a democracia em meio a controvérsias políticas.

Senadora Teresa Leitão elogia aniversário do PT e destaca importância das comemorações
Senadora Teresa Leitão elogia aniversário do PT e destaca importância das comemorações. Foto: Divulgação

Na sessão plenária desta quarta-feira, a senadora Teresa Leitão (PT-PE) fez um aparte ao pronunciamento do senador Fabiano Contarato (PT-ES), enquanto ele discursava sobre o aniversário do Partido dos Trabalhadores, acrescentando suas próprias reflexões sobre a data comemorativa.🎉

“Em todo canto, onde alguém quis comemorar, comemorou. Porque quem tem o que comemorar, comemora. Quem não tem o que comemorar, fica com dor de cotovelo, nas comemorações dos outros. E aí é ruim, porque não respeita a democracia, não respeita a liberdade partidária que a gente tem no Brasil”, enfatizou a senadora.

O aparte de Leitão faz alusão a incidentes recentes, como a confusão causada por um grupo de deputados do PL durante uma sessão solene na Câmara, destinada a homenagear o aniversário do PT. Esses eventos destacam as divergências políticas no cenário nacional, mas também ressaltam a importância do respeito mútuo entre as diferentes ideologias.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

“Nós temos 44 anos de uma honrosa tradição em defesa do povo. Em cada canto desse país, a gente encontra alguém beneficiado pelas políticas do PT. Parabéns, senador! Vamos comemorar juntos e juntas. Quem tiver dor de cotovelo, a gente lamenta”, concluiu a senadora, destacando a trajetória do partido e seus impactos positivos na sociedade brasileira.

📲Siga nosso perfil no Instagram

A atitude de Teresa Leitão reflete a necessidade de diálogo e tolerância no ambiente político, reforçando a importância do respeito às diferentes perspectivas e à democracia. Em meio a controvérsias e debates acalorados, é essencial manter o foco no bem-estar coletivo e na construção de um país mais justo e inclusivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *