domingo, fevereiro 25

Senador Humberto Costa é indicado pelo PT para disputar governo de Pernambuco em 2026

Decisão foi anunciada pelo presidente do PT-PE, deputado estadual Doriel Barros, durante visita da presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann, ao Recife.

Senador Humberto Costa
Foto: Divulgação
O senador da República, Humberto Costa (PT), confirmou hoje sua indicação pelo Partido dos Trabalhadores para concorrer ao governo de Pernambuco nas eleições de 2026. A decisão foi anunciada pelo presidente do Partido dos Trabalhadores em Pernambuco, deputado estadual Doriel Barros, durante a visita da presidente nacional da sigla, deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), a um bairro da Zona Sul do Recife.
Humberto Costa, que atualmente ocupa uma cadeira no Senado, revelou que a decisão sobre qual cargo irá disputar em 2026 ainda não está definida. “Esse lançamento que Doriel fez, na verdade, é uma iniciativa dele. Sou Senador e tenho um mandato que se vence daqui há três anos. De uma forma ou de outra, serei candidato majoritário. Poderei ser candidato a governador. Tudo isso vai depender de muita coisa. Eu creio que com o cenário que nós temos hoje, falar em eleição para governador é um tanto precipitado”, explicou o senador.
Costa enfatizou que seu compromisso principal para 2026 é a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição presidencial. “Nós temos que viabilizar que o Governo Lula se fortaleça cada vez mais, consolidar a candidatura dele [Lula] à reeleição e ver com quem nós vamos estar aliados. É muito cedo para discutir essa questão”, finalizou o senador.
A decisão de indicar Humberto Costa como pré-candidato ao governo do estado abre caminho para uma disputa eleitoral que promete ser acirrada em Pernambuco. A escolha final entre a disputa pelo governo estadual ou a busca pela reeleição ao Senado será definida no futuro, levando em consideração os cenários políticos e estratégias do Partido dos Trabalhadores.
A notícia da pré-indicação de Humberto Costa para as eleições de 2026 repercutiu amplamente na política pernambucana, lançando luz sobre as próximas movimentações do PT e suas alianças para o pleito presidencial e estadual de 2026

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *