domingo, fevereiro 25

Prefeita Mary Gouveia pode retornar ao PSD, partido da base de Raquel Lyra e Lula

Gestora de Escada, que busca reeleição em 2024, avalia seu futuro partidário diante das alianças políticas no estado.

Mary e Genival
Foto: Divulgação
Atual prefeita de Escada que buscará a reeleição em 2024, Mary Gouveia (Sem Partido), deverá decidir seu futuro partidário nos próximos meses, a gestora que já foi filiada ao PSD no período em que exerceu seu mandato como Deputada Estadual de Pernambuco, poderá retornar a sua antiga sigla.
Isso poderá se concretizar porque o Partido Social Democrata, presidido nacionalmente pelo ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, e em Pernambuco pelo Ministro André de Paula, faz parte da base do governo do presidente Lula, como também do governo de Raquel Lyra. Ambos candidatos apoiados pela prefeita Mary nas eleições de 2022.
A saída da prefeita e de seu grupo do PL abre espaço para a possibilidade de um retorno ao PSD, que se configura como uma alternativa política estratégica. Com essa movimentação, Mary Gouveia sinaliza sua abertura para estabelecer alianças com partidos de orientações políticas diversas, que variam de moderados de esquerda a centro, centro-direita e centro-esquerda, visando a construção de uma base de apoio sólida para sua busca pela reeleição e mais quatro anos na administração municipal de Escada.
Embora a decisão final ainda não tenha sido anunciada pela prefeita, sua possível volta ao PSD pode ter implicações significativas nas estratégias políticas do município e no cenário político estadual. O futuro partidário de Mary Gouveia promete ser um dos temas mais acompanhados nos próximos meses pela classe política local, à medida que ela define o rumo de sua carreira política em busca de um novo mandato à frente da prefeitura de Escada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *