sexta-feira, fevereiro 23

Marlus Costa denuncia rombo de Mano com o hospital Memorial Guararapes em mais de R$ 8 milhões

Rombo da gestão de Mano com o hospital Memorial Guararapes já ultrapassa os R$ 8 milhões, ameaçando o funcionamento da única maternidade pública em Jaboatão denuncia Marlus.

Marlus Costa denuncia rombo de Mano com o hospital Memorial Guararapes
Marlus Costa denuncia rombo de Mano com o hospital Memorial Guararapes. Foto: Divulgação

O vereador Marlus Costa trouxe à tona, durante a última sessão na Câmara de Jaboatão (06/02), uma denúncia que abalou a cidade: o rombo de mais de R$ 8 milhões na gestão de Mano Medeiros, responsável pelo Hospital Memorial Guararapes, único hospital maternidade público na região.

🏥 Segundo Marlus, desde junho de 2023, a prefeitura deixou de repassar corretamente os valores acordados, gerando uma dívida alarmante e colocando em risco o funcionamento da maternidade. A situação é crítica, e a população jaboatonense pode ser privada desse serviço essencial.

O vereador, em sua fala incisiva, questionou os gastos excessivos em festas enquanto a saúde pública sofre com negligência. “É inaceitável que a maternidade de Jaboatão corra o risco de fechar as portas devido a esse rombo milionário da gestão de Mano”, declarou Marlus.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

📊 A denúncia ganhou força após Marlus visitar o hospital e se reunir com a diretoria na segunda-feira (05/02), apresentando um panorama financeiro desfavorável. O desequilíbrio financeiro compromete seriamente os serviços oferecidos à população, e medidas urgentes são necessárias para reverter esse cenário.

A Maternidade do Hospital Memorial Guararapes desempenha papel crucial em Jaboatão, atendendo gestantes e recém-nascidos. Desde sua fundação, mais de 100 mil jaboatonenses nasceram lá, realizando cerca de 250 partos mensais. Marlus destaca a importância de apoiar financeiramente essa instituição vital para a comunidade.

💬 Durante sua intervenção, Marlus propôs a formação de uma comissão parlamentar para visitar o hospital, permitindo uma análise direta da situação e pressionando o prefeito a quitar a dívida. Além disso, sugeriu aos parlamentares destinar parte de suas emendas à saúde para ajudar na manutenção do hospital, garantindo a continuidade dos serviços e evitando o fechamento da maternidade.

📲Siga nosso perfil no Instagram

🤝 A criação da comissão se mostra como uma iniciativa crucial para encontrar soluções imediatas. A mobilização dos parlamentares, juntamente com a sensibilização da população, pode pressionar o poder público a agir e assegurar a continuidade do atendimento do Hospital Memorial Guararapes, impedindo um desfecho prejudicial para a saúde da comunidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *