domingo, fevereiro 25

Crise na saúde em Candeias, moradores denunciam más condições na USF Catamarã

População reclama da baixa oferta de consultas e serviços na USF Catamarã, unidade inaugurada em 2013, ex-prefeito Elias Gomes classifica situação como inaceitável.

USF do Conjunto Catamarã em Candeias. Foto: Reprodução
USF do Conjunto Catamarã em Candeias. Foto: Reprodução

No bairro de Candeias, localizado no município de Jaboatão dos Guararapes, a Unidade de Saúde da Família (USF) Catamarã enfrenta críticas por parte da população devido às condições estruturais precárias e à falta de atendimento adequado. Inaugurada em maio de 2013 pelo então prefeito Elias Gomes (PT), a unidade recebeu investimentos municipais e federais no montante de R$ 550 mil.

Segundo os moradores, a capacidade de atendimento na USF Catamarã está muito aquém do necessário, realizando apenas 20 consultas por semana. Os residentes afirmam que a estrutura poderia comportar pelo menos cinco vezes esse número, totalizando 100 consultas semanais. Essa disparidade tem gerado insatisfação entre os habitantes do bairro, que enfrentam dificuldades para obter atendimento médico.

Além da escassez de consultas, a comunidade aponta para problemas adicionais, como o acúmulo de lixo na entrada da unidade e a falta de capinação na área interna, o que contribui para uma imagem de descuido. Esses fatores somam-se às críticas, ampliando a insatisfação dos moradores.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Uma residente desabafou: “Não tem uma pessoa que nos dê uma resposta, que represente a atual gestão. Faz cinco anos que mudei para o bairro e não consigo atendimento”. Outra usuária da unidade relatou a dificuldade em obter resultados de exames: “Precisei levar papel de casa para conseguir imprimir o resultado de um exame”.

O ex-prefeito Elias Gomes, pré-candidato do PT à Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes, manifestou sua indignação diante da situação durante uma conversa com moradores, realizada em frente à USF no dia 11. Para ele, a situação é de precariedade, refletindo a falta de insumos e medicamentos, além de evidenciar a ausência de um planejamento mínimo por parte da gestão. “É o retrato de uma administração que não se preocupa com a população. Inaceitável”, destacou Gomes.

📲Siga nosso perfil no Instagram

A atual administração municipal não se pronunciou oficialmente sobre as denúncias até o momento. Contudo, a comunidade aguarda uma resposta efetiva para sanar os problemas na USF Catamarã e garantir um atendimento de saúde condizente com as necessidades da população de Candeias.

Em meio a críticas e expectativas, a situação da Unidade de Saúde da Família em Candeias destaca a importância do diálogo entre a gestão pública e a comunidade, visando solucionar questões que afetam diretamente a qualidade de vida e a saúde dos cidadãos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *