domingo, julho 21

Fluminense é finalista do Mundial de Clubes da Fifa 

Em jogo disputado, Fluminense supera Al Ahly com pênalti de Arias e gol decisivo de John Kennedy, aguardando adversário na grande final.

Jogadores do Fluminense comemoram com John Kennedy o segundo gol na semifinal do Mundial de Clubes. Foto: Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images
Jogadores do Fluminense comemoram com John Kennedy o segundo gol na semifinal do Mundial de Clubes. Foto: Robbie Jay Barratt – AMA/Getty Images

A tarde de emoções no Estádio Internacional de Yokohama revelou a força do Fluminense de Fernando Diniz, que garantiu sua vaga inédita na final do Mundial de Clubes após vencer o Al Ahly. Os gols que conduziram a equipe carioca à tão sonhada decisão foram marcados pelo colombiano Jhon Arias, de pênalti, aos 24 minutos do segundo tempo, e pelo brasileiro John Kennedy, aos 44 minutos.

🌍 A Espera pela Final: Agora, a equipe brasileira aguarda o desfecho da outra semifinal entre o Manchester City, da Inglaterra, e o Urawa Reds, do Japão, marcada para esta terça-feira (19) às 15h (horário de Brasília). A grande final está marcada para sexta-feira (22), também às 15h.

🔥 O Desenrolar do Jogo: A partida se manteve equilibrada por cerca de 70 minutos, com o Fluminense acertando a trave duas vezes no primeiro tempo, em belas finalizações de Arias. O Al Ahly, perigoso nos contra-ataques, contou com El Shahat e Percy Tau, à esquerda e direita, respectivamente, causando problemas para Samuel Xavier e Marcelo. Quando a defesa tricolor era superada, Fábio mostrava segurança no gol.

Na etapa final, o momento decisivo começou a se desenhar quando Marcelo, na ponta esquerda, realizou uma jogada individual envolvente sobre Percy Tau, sendo derrubado na grande área. Arias, o batedor oficial do Fluminense, cobrou com maestria, tranquilizando o placar.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Gols que Fizeram História: O Al Ahly, persistente, teve pelo menos duas boas chances, ambas frustradas pelas defesas seguras de Fábio. Quando os acréscimos se aproximavam, Martinelli, em atuação brilhante, roubou a bola na intermediária e serviu John Kennedy. O herói da Libertadores, que ingressou no segundo tempo, finalizou com maestria de canhota, garantindo a vaga inédita do Fluminense na final do Mundial de Clubes.

🌟 Destaques da Partida: Martinelli, protagonista na reta final, e Fábio, firme nas defesas, foram fundamentais para o sucesso tricolor. Arias e John Kennedy, autores dos gols, consolidaram-se como peças-chave na busca pelo título mundial.

📲Siga nosso perfil no Instagram

🏆 O Caminho para a Glória: Agora, os olhos estão voltados para a aguardada final, onde o Fluminense enfrentará o vencedor da outra semifinal. A equipe brasileira, representando com garra o futebol sul-americano, busca eternizar seu nome na história do Mundial de Clubes.

Em um jogo marcado pela emoção e habilidade, o Fluminense construiu sua trajetória rumo à final, mostrando que está preparado para enfrentar qualquer desafio que o destino lhe reservar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *