segunda-feira, abril 15

Colômbia vira o jogo e Brasil despencam nas Eliminatórias

Com reviravolta no Metropolitano, Brasil por 2 a 1, e despenca para quinta posição e ver Argentina liderar.

Brasil perde para a Colômbia em eliminatórias da Copa. Foto - Luisa Gonzalez
Brasil perde para a Colômbia em eliminatórias da Copa. Foto – Luisa Gonzalez

No último embate no estádio Metropolitano, em Barranquilla, a seleção do Brasil enfrentou a Colômbia em um duelo decisivo pela 5ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026. A expectativa era grande, mas o resultado final deixou os torcedores brasileiros com um gosto amargo.

A seleção comandada pelo técnico Fernando Diniz entrou em campo apostando em um quarteto de ataque formado por Rodrygo, Raphinha, Vinícius Júnior e Gabriel Martinelli. E a estratégia parecia surtir efeito nos primeiros minutos, quando Martinelli abriu o placar aos 3 minutos de jogo, capitalizando um passe preciso de Vinícius Júnior.

Contudo, a alegria da torcida brasileira foi efêmera. Aos 26 minutos, Vinícius Júnior teve que deixar o campo devido a uma lesão muscular, desfalcando a seleção de uma peça-chave. A ausência do jogador do Real Madrid afetou diretamente o desempenho da equipe, que viu sua produção cair de forma significativa.

A situação piorou na etapa final, especialmente após a substituição de Rodrygo aos 22 minutos. A desorganização tomou conta do time de Fernando Diniz, abrindo espaço para o atacante colombiano Luis Díaz brilhar. Aos 29 e 33 minutos, Díaz aproveitou jogadas pelo alto para virar o marcador em favor da Colômbia.

A reviravolta no placar surpreendeu os torcedores e a própria seleção brasileira, que, até então, nunca havia sido derrotada pela Colômbia nas Eliminatórias Sul-Americanas. O revés no Metropolitano foi mais do que uma simples perda de três pontos; foi um golpe que fez o Brasil despencar para a quinta posição na classificação da competição, acumulando agora 7 pontos.

Enquanto o Brasil lamenta a queda na tabela, a Argentina assume a liderança com 12 pontos, mesmo após perder por 2 a 0 para o Uruguai em Buenos Aires. A seleção uruguaia, por sua vez, agora é a vice-líder com 10 pontos. A Colômbia ocupa a terceira posição, somando 9 pontos, enquanto a Venezuela, após o empate sem gols com o Equador, é a quarta colocada com 8 pontos.

O técnico Fernando Diniz terá que lidar não apenas com a derrota, mas também com as possíveis consequências das lesões e a necessidade de reorganizar o time para os próximos desafios. A trajetória nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 está longe de ser definida, e a seleção brasileira terá que superar esse revés para buscar a sua vaga no torneio internacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *