sexta-feira, maio 24

Filho do Presidente dos EUA se declara culpado

 Filho de Biden se declara culpado de porte ilegal de armas e fraude fiscal

Hunter Biden – Foto:BBC

Hunter Biden, filho do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, se declarou culpado nesta terça-feira (20) por porte ilegal de armas e sonegação de impostos. As acusações foram resultado de uma investigação conduzida por David Weiss, procurador do estado de Delaware, terra natal do presidente democrata, e nomeado pelo ex-presidente republicano Donald Trump.

O acordo firmado com o Departamento de Justiça põe fim a uma longa investigação sobre o segundo filho de Biden, que também admitiu lutar contra o vício em drogas desde a morte de seu irmão Beau Biden em 2015.

A decisão foi tomada para evitar um julgamento que poderia prejudicar a imagem da Casa Branca, que tem se esforçado para manter distância do Departamento de Justiça.

“Eu sei que Hunter acredita que é importante assumir a responsabilidade por esses erros que cometeu durante um período turbulento e de vício em sua vida”, declarou Christopher Clark, advogado de Hunter Biden.

A Casa Branca não fez comentários sobre o assunto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *