domingo, fevereiro 25

Deputada Rosa Amorim cobra explicações sobre ação da PM durante Parada LGBTQIAP+

Vídeos nas redes sociais mostram carro da PM atropelando manifestantes em Boa Viagem.

Rosa Amorim
Foto: Roberto Soares/ALEPE
Na sessão da Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE) realizada nesta segunda-feira foi marcada por um protesto liderado pela deputada Rosa Amorim, do Partido dos Trabalhadores (PT), que anunciou sua intenção de cobrar explicações do Governo de Pernambuco sobre as ações da Polícia Militar durante a Parada LGBTQIAP+ ocorrida no domingo, dia 17.
Nas redes sociais, circulam diversos vídeos chocantes que mostram um veículo da Polícia Militar atropelando vários homens na avenida de Boa Viagem, bairro do Recife. Segundo relatos, os indivíduos envolvidos estavam envolvidos em uma briga e causando tumulto na região.
Durante a sessão na ALEPE, a deputada Rosa Amorim expressou sua preocupação com a situação e destacou a necessidade de uma segurança pública eficaz e inteligente no estado. Ela afirmou que é crucial que o governo esclareça as circunstâncias que levaram a esse incidente durante um evento que celebra a diversidade e promove a inclusão.
A ação da Polícia Militar durante a Parada LGBTQIAP+ gerou ampla repercussão nas redes sociais e entre grupos de defesa dos direitos humanos, que pedem uma investigação completa e transparente para esclarecer os eventos que ocorreram em Boa Viagem no último domingo.
O Governo de Pernambuco ainda não se pronunciou oficialmente sobre o incidente, mas a cobrança da deputada Rosa Amorim e a pressão da sociedade civil colocam o tema da segurança pública e dos direitos das minorias no centro do debate político do estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *