sexta-feira, fevereiro 23

Aeroporto de Caruaru se prepara para voos noturnos e novas conexões

Terminal do Agreste de Pernambuco busca independência do Aeroporto Internacional do Recife.

Caruaru
Foto: Dix Aeroportos
O Aeroporto de Caruaru, localizado no coração do Agreste pernambucano, está às vésperas de um importante marco em sua história, que promete transformá-lo em um hub de passageiros e cargas estratégico para o Brasil. A expectativa é que, entre os meses de outubro e novembro deste ano, seja finalizado um procedimento técnico crucial: a homologação do balizamento noturno, um sistema de iluminação essencial para operações aéreas noturnas e em condições de visibilidade reduzida. Com essa conquista, o aeroporto estará apto a receber voos comerciais e aeronaves de grande porte, rompendo com sua atual dependência do Aeroporto Internacional do Recife.
A notícia foi divulgada pelo prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro, em uma entrevista na Rádio Jornal, nesta segunda-feira (18/9). Segundo o prefeito, o Aeroporto Oscar Laranjeiras depende agora apenas da homologação pelo governo federal do balizamento noturno instalado no terminal desde o segundo semestre de 2022.
“Assim, o terminal estará apto a começar a operar comercialmente, além dos voos privados que hoje recebe. Desde 2017 que tentamos viabilizar o aeroporto como um terminal não só de passageiros, mas também de cargas, e agora está mais perto, sem dúvida”, afirmou o prefeito.
Para entender a importância desse avanço, é fundamental compreender que o balizamento noturno consiste em um sistema de iluminação instalado ao redor da pista de pouso, táxi e estacionamento de aeronaves. Esse sistema permite que os pilotos identifiquem a localização exata da pista de pouso a grandes distâncias durante voos noturnos ou em condições de visibilidade reduzida.
A modernização do Aeroporto de Caruaru ganhou impulso graças a dois fatores-chave. Além da conclusão da instalação do balizamento noturno no terminal, a nomeação do deputado federal pernambucano Silvio Costa Filho como ministro de Portos e Aeroportos foi fundamental. O ministro já anunciou sua intenção de investir nos terminais municipais para fortalecer as operações regionais e citou expressamente o Aeroporto de Caruaru como prioridade.
Em conversa, o prefeito Rodrigo Pinheiro enfatizou que o aeroporto já possui demanda identificada por companhias aéreas, com destaque para a Azul, que possui um hub aéreo no Recife. As rotas mais desejadas são aquelas com destino a cidades estratégicas, como São Paulo e Brasília.
“Com o balizamento noturno homologado e a infraestrutura disponível atualmente, o Aeroporto de Caruaru terá a mesma capacidade operacional de terminais do porte da Ilha de Fernando de Noronha (PE) e de Campina Grande (PB). Não só para o transporte de passageiros, mas também de cargas”, afirmou o prefeito.
Ele também ressaltou os esforços da prefeitura para melhorar a infraestrutura viária que dá acesso ao aeroporto, incluindo a pavimentação do acesso ao polo industrial onde o terminal está localizado, a partir da BR-232. Além disso, Pinheiro destacou que terrenos vizinhos ao aeroporto podem ser disponibilizados para expansão a qualquer momento, pois pertencem ao município.
A homologação do sistema de balizamento noturno é uma prerrogativa da Secretaria Nacional de Aviação Civil, ligada ao Ministério de Portos e Aeroportos, e representa um passo decisivo para a independência operacional do Aeroporto de Caruaru e para o fortalecimento das conexões aéreas na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *