sexta-feira, maio 24

Dengue: Primeira morte do ano confirmada em Pernambuco

 Mulher idosa é a primeira vítima fatal de dengue em Pernambuco em 2023

Mosquito Aedes Aegypti – Foto:Freepik

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou o primeiro óbito por dengue no estado em 2023. Trata-se de uma mulher idosa de 62 anos, residente em Limoeiro, cidade localizada no Agreste pernambucano.

De acordo com a SES-PE, a paciente sofria de hipertensão, diabetes e era fumante, o que pode ter contribuído para complicações relacionadas à dengue. O falecimento ocorreu em 26 de abril. É importante ressaltar que os casos de morte por arboviroses, como dengue, chikungunya ou zika, passam por um processo de investigação antes da confirmação oficial, o que pode levar algum tempo.
Especialistas destacam que pacientes com comorbidades, quando infectados pelo vírus da dengue, apresentam maior risco de desenvolver formas graves da doença e complicações.
Com a confirmação desse óbito por dengue, Pernambuco registra agora um total de quatro mortes causadas por arboviroses. As outras três foram decorrentes de complicações da chikungunya.
É importante observar que os casos mais graves de dengue tendem a ocorrer mais frequentemente em extremos de idade, ou seja, entre crianças e idosos a partir dos 60 anos.
Apenas neste ano, até o dia 3 de junho, foram notificados 13.900 casos suspeitos de dengue em Pernambuco. Desse total, 1.403 casos já foram confirmados após análises laboratoriais.
Os dados referentes à dengue consideram os registros feitos até o momento, levando em conta o período de janeiro a 3 de junho deste ano. A vigilância e o combate a essa doença continuam sendo essenciais para a proteção da população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *