terça-feira, maio 28

5G no Brasil, falta de infraestrutura e legislação atrasa implantação

 A falta de preparo das cidades médias para receber a rede 5G preocupa: 3 em cada 4 municípios não estão prontos.

Foto:Agência Brasil

O prazo estabelecido para a chegada do 5G em todo o Brasil é 2029, porém as operadoras têm o objetivo de antecipar esse processo. No entanto, elas ressaltam a necessidade de ação por parte das prefeituras.

Durante o processo de expansão da conexão 5G para todas as regiões do país nos próximos anos, o Brasil ainda enfrenta uma extensa lista de desafios a serem superados, especialmente fora das capitais.

Um recente levantamento revela que três em cada quatro cidades médias, com uma população entre 200 mil e 500 mil habitantes, não possuem legislação totalmente adequada para a instalação da infraestrutura necessária para o 5G. Essa falta de adequação pode atrasar a chegada da tecnologia nessas localidades e limitar os benefícios que o 5G pode proporcionar.

É importante que as prefeituras se empenhem em agilizar a adequação das leis e regulamentos para permitir a implantação do 5G. A infraestrutura adequada é essencial para que as operadoras possam realizar os investimentos necessários e disponibilizar uma conexão rápida e confiável para os moradores das cidades médias.

O 5G promete trazer avanços significativos, como maior velocidade de navegação, menor latência e suporte para a expansão de tecnologias como a Internet das Coisas. Portanto, é fundamental que todas as regiões do país estejam prontas para receber essa tecnologia e aproveitar seus benefícios em diversas áreas, desde a comunicação até o desenvolvimento de soluções inovadoras em setores como saúde, educação e indústria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *