segunda-feira, maio 20

Bastidores das eleições municipais em Escada conta com cinco possíveis candidaturas a prefeito

A disputa para a eleição de 2024 começa a tomar forma em Escada com movimentalções internas do partidos no sentido de terem candidaturas próprias

Prefeitura de Escada
Foto: Luisi Marques/TV Globo
Os bastidores da política escadense tem início nas movimentações e espculações e os nomes para a disputa de 2024 começam a surgir com possíveis nomes na disputa pela sucessão da prefeita Mary Gouveia (sem partido), desfiliada do Partido Liberal em fevereiro de 2022, e posteriormente declarou apoio a candidatura de Danilo Cabral do PSB para o governo do estado no primeiro turno, e a candidatura do presidente Lula, pela legislação a prefeita tem direito de disputar a reeleição, por estar cumprindo seu primeiro mandato.
Nomes como o do vereador Paulinho (PSDB), que migrou para a oposição ao governo, também o do engenheiro Jadson Caetano (Cidadania) que já disputou a prefeitura de Escada nas eleições de 2020, ficando na terceira posição, surgem como prováveis candidatos na corrida pela prefeitura de Escada. E um detalhe deve ser levado em consideração, ambos nomes fazem parte da Federação composta pelos partidos PSDB-Cidadania que atualmente estão governando o estado de Pernambuco sob o comando da governadora Raquel Lyra, presidente estadual do PSDB e vice-presidente nacional do partido, e a vice-governadora Priscila Krause que é filiada ao Cidadania. Provavélmente Paulinho ou Jadson deverão ser o candidato oficial da governadora.
É aguardado o nome que disputará o pleito com o apoio do grupo político do ex-prefeito Lucrécio Gomes, que atualmente é presidente municipal do União Brasil em Escada. Nas eleições de 2020 quando estava concluindo seu segundo mandato Lucrécio apresentou o nome do advogado e ex-secretário de Desenvolvimento Institucional, Klaus Lima, que por 292 votos perdeu a eleição, e poderá mais uma vez ser o candidato do grupo, outro nome que surge com mais força neste campo político, é o da ex-primeira-dama Edilene Gomes que nas eleições de 2018 saiu das urnas majoritária na cidade quando disputou uma das 49 vagas para a Alepe.
A federação Brasil da Esperança formada pelo PT, PCdoB e PV também deverão apresentar um nome na disputa municipal, que de acordo com dirigentes locais do partido, foi definido na última reunião que é importante que haja um candidato petista na disputa, e que a questão fechada é a oposição ao atual governo. A definição de quem será o indicado para a disputa com o apoio dos três partidos ficará para o futuro de acordo com dirigentes locais.
Até o momento essas são as possíbilidades de candidaturas para a disputa municipal de 2024 em Escada, porém outros partidos poderão lançar seus representantes na disputa municipal, de promete ser bastante disputada a exemplo do Avante, e a Federalção REDE-PSOL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *