sexta-feira, junho 21

2023 foi mais quente da história do planeta e do Brasil

Média anual de 24,92°C no Brasil revela tendência alarmante em 2023; El Niño e mudanças climáticas contribuem para recordes globais.

Ano de 2023 é o mais quente da série histórica no Brasil. Foto -Tânia RÊgo
Ano de 2023 é o mais quente da série histórica no Brasil. Foto -Tânia Rêgo

O ano de 2023 bateu recordes alarmantes, consolidando-se como o mais quente da história do planeta e do Brasil, conforme dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e da Organização Meteorológica Mundial (OMM). Com média anual de 24,92°C no Brasil, 0,69°C acima da média histórica de 1991/2020, a preocupação com as mudanças climáticas ganha urgência.

🌡️ Onda de Calor e El Niño:
Nove meses do ano registraram médias acima da histórica, destacando-se setembro com expressivos 1,6°C acima da média de 1991/2020. O fenômeno El Niño, com águas do Oceano Pacífico Equatorial aquecidas, contribuiu para nove episódios de ondas de calor, intensificando o quadro.

🌍 Cenário Global:
A análise global é igualmente alarmante. Segundo a OMM, até outubro de 2023, a temperatura média global ficou 1,4°C acima da média de 1850/1900. Este dado posiciona 2023 como o ano mais quente em 174 anos de registros, superando marcas preocupantes de 2016 e 2020.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

📈 Tendência de Aquecimento:
Ao avaliar os desvios de temperatura desde 1961, o Inmet identifica uma tendência significativa de aumento anual. Mudanças climáticas e o aquecimento global emergem como fatores que demandam ação imediata, especialmente diante do impacto observado em regiões como sul do Pará, Mato Grosso, sul de Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco e Ceará.

🌏 Repercussões Locais e Globais:
Os nove episódios de calor intenso no Brasil refletem a escalada global de eventos extremos. O aumento da temperatura global da superfície terrestre e dos oceanos, somado a mudanças climáticas locais, contribui para a ocorrência desses eventos cada vez mais intensos.

📲Siga nosso perfil no Instagram

🔍 Análise Científica:
A análise do Inmet aponta para uma correlação estatisticamente significativa entre o aumento das temperaturas e a mudança climática. O alerta é claro: a elevação da temperatura global e as mudanças ambientais locais demandam medidas urgentes para conter os impactos no clima e na vida cotidiana.

🌐 Consenso Internacional:
Ontem (9), o Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus confirmou a preocupação global. 2023 é oficialmente o mais quente registrado no planeta, possivelmente o ápice dos últimos 100 mil anos. O consenso internacional reforça a necessidade urgente de ações coordenadas para enfrentar as mudanças climáticas.

O ano de 2023 deixa uma marca indelével na história climática global. A elevação alarmante das temperaturas no Brasil e em todo o mundo exige uma resposta urgente e unificada. A conscientização e ação coletiva são imperativas para lidar com os desafios que as mudanças climáticas impõem à nossa sociedade e ao planeta como um todo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *