sexta-feira, abril 19

PRTB enfrenta disputa judicial com eleições contestadas

Resultado eleitoral contestado por supostas irregularidades levanta polêmica dentro do PRTB, que busca solução na justiça.

Edinazio Silva presidente estadual do PRTB de Pernambuco. Foto - Divulgação
Edinazio Silva presidente estadual do PRTB de Pernambuco. Foto – Divulgação

No último dia 23, Brasília foi palco de uma acirrada disputa pelo diretório nacional do PRTB, onde o pernambucano, de origem humilde, e membro decano da sigla, disputava o cargo.🗳️

Nascido no Morro da Conceição, em Casa Amarela, e proveniente de uma família simples, eleição sempre foi um campo de batalha em sua vida. Porém, desta vez, a luta ganhou novos contornos. Disputando contra a chapa vencedora, liderada por opositores dentro do partido, a batalha agora é travada nos tribunais.🏛️

As alegações são sérias: abuso do poder econômico, fraude processual e até mesmo corrupção. A chapa adversária teria utilizado recursos financeiros de forma desmedida, atraindo eleitores de maneira questionável, conforme relatos da imprensa e testemunhos de membros do colégio eleitoral.🔍

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Os números também não mentem. Segundo a ata convencional reconhecida pelo interventor Luciano Felicio Fuck, 12 pessoas sem filiação ao PRTB participaram do pleito. Além disso, um voto foi atribuído a um eleitor falecido, o Sr. José Carlos Galtarossa. Estas irregularidades lançaram uma sombra sobre a legitimidade do resultado das eleições.☁️

Diante desse cenário, a única alternativa foi recorrer à justiça. O candidato e sua equipe decidiram judicializar o processo eleitoral, buscando a cassação da chapa opositora. Para eles, é uma questão de resgatar a ética e a transparência no seio do partido, valores pelos quais sempre lutaram.⚖️

📲Siga nosso perfil no Instagram

Enquanto a batalha judicial se desenrola, o PRTB enfrenta uma encruzilhada. O desfecho dessa disputa não apenas determinará o futuro do partido, mas também lançará luz sobre a integridade do processo democrático interno. Resta agora aguardar que a justiça cumpra seu papel, garantindo que a voz da verdade seja ouvida.🕰️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *