quinta-feira, junho 20

Presidente do BNB destaca potencial de investimentos no Nordeste durante seminário em São Paulo

Paulo Câmara apresenta oportunidades em agronegócio, energia e turismo, enfatizando o papel do BNB e no desenvolvimento regional.

Paulo Câmara  presidente do BNB apresenta oportunidades em agronegócio. Foto: Divulgação
Paulo Câmara presidente do BNB apresenta oportunidades em agronegócio. Foto: Divulgação

O presidente do Banco do Nordeste (BNB), Paulo Câmara, trouxe à discussão as amplas possibilidades de investimento na região nordestina durante o seminário “O Nordeste é um Brasil”, realizado em São Paulo pelo Brazil Journal, nesta quinta-feira, 9.

Câmara destacou setores estratégicos como agronegócio, energia, saneamento, logística e turismo como atrativos para investidores interessados no Nordeste. De acordo com o executivo, o BNB é responsável por 56% do financiamento de longo prazo na região.

O evento, que contou com a participação do governador da Paraíba e presidente do Consórcio Nordeste, João Azevedo, do secretário-geral do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas, e do economista Mansueto Almeida, reuniu mais de 200 pessoas, entre empresários, investidores e autoridades.

No discurso de abertura, Paulo Câmara enfatizou o papel crucial do BNB no fomento ao desenvolvimento regional. Ele ressaltou o crescimento expressivo do agronegócio nordestino, com ênfase na produção de grãos na região do Cerrado, abrangendo os estados do Maranhão, Piauí e Bahia.

“O BNB tem se destacado no apoio ao crescimento econômico do Nordeste do Brasil. Estamos comprometidos em impulsionar oportunidades de investimento que beneficiarão não apenas a economia local, mas o país como um todo. Para tanto, contamos com linhas de crédito do FNE que oferecem condições excepcionais, como prazos de até 34 anos e juros reduzidos”, afirmou Câmara.

O foco da apresentação foi o setor de energias renováveis, no qual o BNB é o maior financiador em sua área de atuação, com mais de R$ 32 bilhões investidos nos últimos cinco anos. Câmara destacou o protagonismo do Nordeste na geração de energia solar, eólica, e o potencial para produção de hidrogênio verde.

Outro ponto salientado foi a infraestrutura de abastecimento de água e esgotamento sanitário, área em que o Nordeste ocupa a quarta posição entre as regiões do país, abrindo portas para investimentos e parcerias, sendo o BNB uma opção para financiar esses empreendimentos.

No setor de logística, a integração das ferrovias Nova Transnordestina com a Norte Sul está entre os projetos essenciais. O Nordeste possui ainda uma série de portos estratégicos, como os de Suape (PE), Pecém (CE), Itaqui e Salvador (BA), facilitando a exportação de produtos.

Paulo Câmara também ressaltou o crescimento do turismo no Nordeste, com o BNB aplicando mais de R$ 1 bilhão nos últimos dois anos nesse setor. A infraestrutura de aeroportos na região garante uma logística eficiente para os melhores destinos turísticos.

“O Nordeste é uma força econômica em ascensão que merece a atenção dos investidores interessados em contribuir para seu crescimento sustentável. A região nunca foi um problema, mas parte da solução para o nosso país. Estamos à disposição para ajudar o Nordeste e o Brasil voltarem a crescer”, finalizou Câmara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *