sexta-feira, junho 21

Por que a Ucrânia não ataca o território russo; resumo

Zelensky disse Ucrânia não tem tempo ou força para atacar territórios russo

Presidente da Ucrânia
Foto: EPA

Por que a Ucrânia não ataca território da Rússia? A BBC News Brasil resume aqui a resposta a esta pergunta-chave sobre a guerra.
O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse que a Ucrânia não pretende atacar território russo e argumentou que o país não tem tempo ou recursos para fazer isso. A contraofensiva da Ucrânia tem como alvo, segundo ele, áreas “ocupadas ilegalmente” pela Rússia.
“Nós não atacamos o território russo, nós libertamos nosso próprio território legítimo”, disse Zelensky durante viagem à Alemanha em maio. “Não temos tempo nem força (para atacar a Rússia). E também não temos armas de sobra, com as quais poderíamos fazer isso.”
“Estamos preparando um contra-ataque às áreas ocupadas ilegalmente com base em nossas fronteiras legítimas definidas constitucionalmente, reconhecidas internacionalmente.”
Desde fevereiro de 2022, quando a Rússia invadiu a Ucrânia, a guerra tem sido marcada por ataques e conquistas russas de partes do território da Ucrânia — sobretudo no leste e sul do país.
No campo de batalha, a Ucrânia conseguiu retomar parte dos territórios que estavam sob controle russo e impedir que as tropas de Moscou avancem para a capital Kiev e para o oeste do país. Mas não houve ataques significativos da Ucrânia ao território russo. Alguns ataques esporádicos foram relatados em território russo, mas a Ucrânia sempre negou qualquer envolvimento com eles.
Em maio, o jornal americano Washington Post afirmou que documentos de inteligência dos Estados Unidos diziam que a Ucrânia pretendia capturar áreas da Rússia como parte de sua contraofensiva. Esses territórios serviriam de barganha para a Ucrânia em eventuais negociações de paz.
A Ucrânia, no entanto, negou essa intenção.
A contraofensiva da Ucrânia — a operação especial anunciada pelas autoridades como reação à invasão russa — está em estágios iniciais. Por enquanto, há sinais de que a Ucrânia pretende defender e retomar seu próprio território, como declarou Zelensky.
Kiev está lutando para retomar as regiões leste de Donetsk e sudeste de Zaporizhzhia. Não há, até o momento, relatos de combates em território russo.
O objetivo da Ucrânia neste momento é impedir que os russos consigam capturar territórios contínuos no leste e no sul, que ligam Donetsk à Crimeia (que foi anexada em 2014 em movimento considerado ilegal pelas Nações Unidas), segundo o correspondente de segurança da BBC News, Frank Gardner.
“Se a Ucrânia conseguir dividir o território em duas partes e conseguir manter o terreno que recuperou, sua ofensiva terá sido bem-sucedida”, diz Gardner. “Isso isolaria as tropas russas no oeste e dificultaria o reabastecimento da Crimeia.

BBC News Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *