sexta-feira, junho 21

Polícia investiga o jogador Antony Santos por violência doméstica contra ex-namorada

Documentos revelam ameaças e agressões físicas feitas por Antony Santos, que não se pronunciou sobre as acusações

Antony Santos
Foto: Lucas Figueiredo/CBF e Reprodução/Segue A Cami
A Polícia Civil de São Paulo está conduzindo uma investigação contra o atacante Antony Santos, de 23 anos, que atualmente joga pelo Manchester United, por suspeita de violência doméstica contra sua ex-namorada, a DJ e influenciadora Gabriela Cavallin. Documentos obtidos pelo UOL detalham ameaças, intimidações e agressões físicas supostamente cometidas pelo jogador.
Na semana passada, Gabriela, de 23 anos, procurou a polícia de Manchester, na Inglaterra, e registrou uma segunda denúncia contra Antony. Um dos vídeos incluídos na investigação mostra uma lesão na mão de Gabriela que teria resultado da última agressão do atleta.
Antony Santos, que também é jogador da seleção brasileira, optou por não comentar publicamente as acusações. Sua assessoria informou que o caso está sob segredo de Justiça e será tratado de acordo com os procedimentos oficiais.
No boletim de ocorrência registrado na 5ª Delegacia de Defesa da Mulher – Leste, no Tatuapé, Gabriela Cavallin denunciou o jogador por violência doméstica, ameaça e lesão corporal. No entanto, o documento não especifica se os incidentes ocorreram na Inglaterra ou no Brasil. Após a denúncia, a DJ solicitou urgentemente uma medida protetiva e um exame de corpo de delito.
O relacionamento entre Gabi e Antony foi marcado por controvérsias nos últimos anos. A situação veio à tona em junho do ano passado, quando Antony ainda era casado com Rosilenny Batista, mãe de seu filho. Na época, Gabi engravidou do jogador, mas sofreu um aborto espontâneo. Conversas e prints de mensagens entre Gabi e Antony também vieram à tona, evidenciando alegações de agressão e tensões no relacionamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *