segunda-feira, maio 27

João Campos afirma que irá multar a Compesa e inicia obras no trecho da Avenida Recife que cedeu

A ruptura causou o acidente envolvendo um motorista e uma passageira na segunda-feira (3)

Foto: Arthur Mota//Folha de Pernambuco

O prefeito do Recife, João Campos, anunciou, por meio de suas redes sociais, que a prefeitura da cidade irá assumir os serviços de reconstrução do trecho da Avenida Recife, no bairro de Areias, Zona Oeste da capital, em que o asfalto que cedeu e provocou o acidente de um carro, composto por um motorista e uma passageira, na segunda-feira (3).
O prefeito chegou ainda a anunciar que a prefeitura do Recife aplicará multa à Compesa, além de criticar a empresa por não arcar com a responsabilidade da obra.
“A Prefeitura do Recife vai recompor o pavimento que cedeu na Av. Recife. Não vamos esperar a Compesa assumir o que lhe cabe e deixar que a população siga prejudicada. Depois, vamos multá-la pela Lei 8355/2017”, revelou
O motivo da multa para a Compesa seria a divergência entre as visões da Emlurb e da empresa de abastecimento hídrico sobre os motivos para o rompimento. Para a autarquia, o pavimento cedeu por conta de um rompimento na tubulação do local, que passou por obras na segunda-feira (3).
Já a Compesa possui uma visão diferente, e afirma que a tubulação vistoriada anteriormente era de pequeno porte, não sendo capaz de causar a ruptura e que, portanto, os prováveis fatores devam ser as fortes chuvas e falha na estrutura da avenida.
A Lei 8355/2017, conhecida como “Lei do Pavimento”, é uma legislação municipal que regulamenta obras e dispõe sobre danos na pavimentação de vias públicas no Recife e prevê penalização para quem “danificar a via pública e não iniciar, em um prazo de vinte e quatro horas, sua recomposição”.
Enquanto a indefinição persiste, equipes da Emlurb iniciaram os trabalhos de reconstrução na manhã desta terça-feira (4), assim como funcionários da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), que bloqueou uma das vias da avenida e realiza o controle do trânsito. Ainda não há previsão para finalização das obras.

Fonte: Folha de Pernambuco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *