domingo, fevereiro 25

Incêndio em casamento no Iraque deixa mais de 100 mortos

Tragédia ocorreu em salão de festas na cidade cristã de Karakosh; autoridades apontam irregularidades

Iraque
Foto: REUTERS/ KHALID AL-MOUSILY
Pelo menos 100 pessoas morreram e mais de 150 ficaram feridas em um incêndio que ocorreu durante um casamento em um salão de festas na cidade cristã de Karakosh, localizada no norte do Iraque. As autoridades locais informaram sobre a tragédia nesta quarta-feira (27).
O incêndio desencadeou uma operação de resgate intensiva, com ambulâncias chegando com sirenes ligadas no principal hospital de Karakosh. O local se encheu de parentes das vítimas e voluntários dispostos a doar sangue para os feridos.
Segundo informações preliminares das autoridades sanitárias de Nínive, que abrange a cidade de Karakosh, foram registradas 100 mortes e mais de 150 feridos no incêndio. A maioria dos feridos sofreu queimaduras e asfixia. No entanto, o Crescente Vermelho iraquiano relatou mais de 450 vítimas no total, sem especificar quantas delas faleceram.
As investigações iniciais revelaram que o incêndio pode ter sido causado pela presença de painéis pré-fabricados altamente inflamáveis, que não estavam em conformidade com as normas de segurança. Nove pessoas foram detidas em conexão com o incidente, e quatro ordens de prisão foram emitidas contra os proprietários do salão de festas, de acordo com o porta-voz do Ministério da Saúde, Saif al-Badr.
O Iraque enfrenta desafios constantes relacionados ao cumprimento das normas de segurança, tanto no setor da construção quanto no de transportes. O país, com infraestruturas em estado precário após décadas de conflito, frequentemente testemunha incêndios e acidentes fatais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *