terça-feira, maio 21

56 cidades do interior de Pernambuco estão sem delegados

 A maioria das unidades estão localizadas no sertão do Estado 

Foto: Reprodução/SDS
De acordo com levantamento da Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe), delegacias de 56 do interior de Pernambuco estão funcionando sem delegados titulares, sendo a maioria delas localizadas no sertão. Entre essas unidades, 16 também não possuem escrivães. 

O delegado Diogo Victor, vice-presidente da Adeppe, falou sobre o problema que essa falta de delegados causa para as delegacias e, principalmente, para a população. “Sem dúvida, é sinônimo de impunidade. Com todo respeito aos demais atores do sistema de justiça criminal, sem delegado de polícia na cidade há uma deficiência na investigação e punição de infratores”. 

A falta de escrivães também dificulta o andamento dos processos criminais, pois esses profissionais são responsáveis por registrar e documentar todas as informações relevantes relacionadas aos inquéritos policiais e outras atividades jurídicas. 

Em nota oficial, a Secretária de Defesa Social (SDS) falou sobre o assunto. “Quanto ao déficit citado, a Secretaria de Defesa Social e a Polícia Civil, enquanto não ocorre o lançamento de concurso público, estão estudando formas de minorar a carência de efetivo nas delegacias“. 

Vale lembrar que, em 2022, o então governador Paulo Câmara comunicou um novo concurso público para suprir a falta de funcionários nas polícias Civil, Militar e Científica, além do Corpo de Bombeiros, mas a medida não avançou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *