sábado, junho 22

Governo vai pagar piso nacional da enfermagem com retroativo desde maio

Confirmação foi feita durante 17ª Conferência Nacional de Saúde, em Brasília

Foto: Reprodução/TVBrasilGov

Na quinta-feira (05), o presidente Lula e a ministra da Saúde, Nísia Trindade, afirmaram que o Governo Federal vai pagar o retroativo, desde maio, do piso nacional da enfermagem e o 13º. O comunicado foi feito no 17ª Conferência Nacional de Saúde, em Brasília.
O retroativo é pago a partir do mês de maio, por corresponder ao mês da decisão do ministro Luís Roberto Barroso, responsável por estabelecer as regras do pagamento.
“O governo federal trabalha para a implementação do piso da enfermagem. Vamos implementá-lo no setor público tal como a decisão do Supremo Tribunal Federal [STF], garantindo as nove parcelas previstas para 2023”, afirmou o presidente.
Segundo Lula, o trabalho dos profissionais ligados a enfermagem não pode ser desvalorizado. “Tem gente que acha que o salário de uma enfermeira de R$ 4 mil e pouco é caro”. E completou: “Mas é preciso que a gente avalie efetivamente o valor do trabalho por aquilo que ele representa na nossa vida.
Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal determinou o pagamento do piso para os trabalhadores da rede pública de todas as esferas, municipal e estadual, por meio de repasses federais.
Simone Tebet, ministra do Planejamento e Orçamento, explicou que o texto da lei possui algumas falhas, o que atrasou o repasse do dinheiro para estados e municípios, mas informou que esse problema será resolvido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *