segunda-feira, maio 27

Segunda morte de paciente com Candida auris é confirmada em Pernambuco; óbito não foi causado pelo fungo

Ontem (04), foi confirmado o 10º caso de contaminação pelo superfungo, no estado

Foto: Divulgação
Na quarta-feira (05), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou a morte de um idoso de 69 anos que estava internada com o superfungo Candida auris, no Hospital do Tricentenário, em Olinda. Porém, segundo a secretária, a morte não foi causada pelo fungo.
Essa é a segunda morte de um paciente contaminado no estado, neste ano. O idoso foi o sétimo paciente registrado com Candida. Ele chegou ao hospital com um quadro de infecção no sistema urinário.
No dia 16 de junho, foi confirmada a primeira morte de um paciente com o superfungo. Já o 10º caso da contaminação em Pernambuco teve sua confirmação na terça-feira (04).
Até agora, todos as pessoas com registro da Candida auris estão “colonizados”, ou seja, possuem o fungo no corpo, mas sem apresentar infecção. A dificuldade de detecção dessa fase acontece por causa da falta de sintomas, sendo necessário exames para o diagnóstico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *