sexta-feira, maio 24

Ex-BBB Felipe Prior é condenado a seis anos de prisão por estupro

O crime aconteceu em 2014 e é a terceira denúncia de estupro que Prior foi acusado

Foto: Reprodução/TV Globo

Na segunda-feira (10), o ex-participante do Big Brother Brasil (BBB), Felipe Prior, de 31 anos, foi condenado a seis anos de prisão por estupro cometido em 2014, segundo denúncia do Ministério Público.
A juíza Inicialmente, Eliana Cassales Tosi Bastos, da 7ª Vara Criminal de São Paulo tomou a decisão em primeira instância da denúncia feita em 2020 pela vítima. O ex-BBB cumprirá a sentença em regime semiaberto, mas pode recorrer a decisão. O caso corre em sigilo.
A vítima, identificada apenas como Themis, contou a Justiça que o crime aconteceu após uma festa universitária. Prior havia dado carona para a mulher e uma amiga, após deixar a outra pessoa em casa, ele teria forçado fisicamente a vítima, que estava alcoolizada, a ter relações sexuais.
Em diversos momentos, Themis pediu para Prior parar, mas isso fez com que ele ficasse mais agressivo, ele só parou depois de ferir a região íntima da vítima, que levou a uma internação hospitalar pela lesão.
A defesa da vítima comemorou a decisão. “Esperamos que essa condenação encoraje outras mulheres sobreviventes a romperem o silêncio e buscarem justiça”, reforçou o grupo. Para definir a sentença, a juíza ouviu 19 testemunhas, que tiveram depoimentos semelhantes e coerentes, comprovando o caso.
A equipe de Prior divulgou uma nota nas redes sociais, dizendo que vai entrar com um recurso. “A sentença será objeto de apelação”. O ex-BBB foi denunciado três vezes, contando a de 2014, por estupro e tentativa de estupro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *