segunda-feira, junho 17

Estudante armado com faca em universidade de Recife causa tumulto

Faca fake como parte de fantasia de Halloween mobiliza polícia e gera tensão entre alunos.

Um estudante de uma universidade privada, localizada na área central do Recife, assustou os colegas de turma ao aparecer armado com uma faca para as atividades de ensino.
Um estudante de uma universidade privada, localizada na área central do Recife, assustou os colegas de turma ao aparecer armado com uma faca para as atividades de ensino. Imagem: Reprodução

Nesta quinta-feira (26), um estudante de uma universidade privada, localizada na área central do Recife, surpreendeu seus colegas de turma ao aparecer armado com uma faca durante as atividades de ensino. O objeto, que fazia parte de uma fantasia de Halloween do estudante, desencadeou um episódio de tumulto que mobilizou a comunidade acadêmica e levou à intervenção policial.

Inicialmente, nas redes sociais, relatos iniciais sugeriam que o aluno teria utilizado a faca para cometer crimes dentro da universidade, o que gerou grande apreensão e preocupação entre os estudantes e funcionários da instituição. Diante dessa situação, diversas viaturas da Polícia Militar foram acionadas e se dirigiram às instalações da universidade.

No entanto, a universidade emitiu uma nota oficial esclarecendo a situação e negando que o objeto tenha sido usado para ferir outros alunos. De acordo com a instituição de ensino, a presença da polícia foi requerida após os colegas de classe se sentirem ameaçados com a inusitada aparição do estudante portando a faca. A universidade alega que a ação foi uma consequência do mal-entendido e da surpresa provocada pela fantasia de Halloween.

Segundo informações da universidade, o estudante que causou o tumulto foi encaminhado até uma delegacia local para prestar depoimento às autoridades responsáveis pelo caso. A instituição colaborou integralmente com as autoridades policiais para esclarecer o ocorrido e dissipar qualquer risco potencial.

A presença da polícia nas dependências da universidade gerou um clima de tensão entre os alunos, que, por um breve período, temeram pela própria segurança. A rápida intervenção da universidade e das autoridades policiais, porém, contribuiu para dissipar os temores e garantir que o incidente fosse devidamente esclarecido.

É importante ressaltar que a segurança em ambientes educacionais é uma preocupação constante de instituições de ensino e da sociedade como um todo. Incidentes como esse evidenciam a necessidade de medidas preventivas e de comunicação eficaz para garantir o bem-estar de todos os envolvidos. A situação, que começou com uma interpretação equivocada da fantasia de Halloween, destaca a importância da vigilância e do diálogo para evitar mal-entendidos e conflitos desnecessários.

No decorrer das investigações, espera-se que mais detalhes venham à tona, esclarecendo completamente o que aconteceu durante o episódio que abalou a tranquilidade da universidade. A comunidade acadêmica e as autoridades competentes estão comprometidas em garantir a segurança e a integridade de todos os envolvidos, e a transparência nas investigações é fundamental para alcançar esse objetivo.

Nota da Faculdade

A Unibra informa que os alunos de uma turma se sentiram ameaçados com a chegada de um colega de turma fantasiado.  A polícia foi chamada para apurar a situação e o aluno foi encaminhado pela polícia para ser ouvido. Não houve tiroteio nem qualquer outro ato de violência. A Unibra ressalta seus cuidados nos protocolos de segurança interna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *