domingo, fevereiro 25

Escolas de Samba Império da Tijuca e Nenê de Vila Matilde fazem homenagem a Lia de Itamaracá no carnaval 2024

Compositores e carnavalescos unem história e poesia para celebrar os 80 anos da rainha da ciranda.

Lia de Itamaracá
Foto:  José de Holanda/Divulgação
As escolas de samba Império da Tijuca, do Rio de Janeiro, e Nenê de Vila Matilde, de São Paulo, estão prontas para levar ao público um espetáculo de homenagem à icônica Lia de Itamaracá no Carnaval de 2024. As agremiações escolheram suas respectivas composições para enaltecer a “rainha da ciranda”, Maria Madalena Correia do Nascimento, que completará 80 anos no próximo ano.

Império da Tijuca: Celebrando a vida à beira do mar

O Império da Tijuca, que desfilará na Marquês de Sapucaí no dia 9 de fevereiro pela Série Ouro, escolheu o samba-enredo “Sou Lia de Itamaracá cirandando a vida na beira do mar”. A composição é uma verdadeira obra de arte, com a autoria de Eduardo Katata, JC Couto, Henrique Badá, Ferretti da Ponte, Sérgio Gil, Gilsinho Oliveira, Gabriel Machado Charuto e Gabriel Cascaro Gavião. A criação promete emocionar ao unir os fatos marcantes da história de Lia de Itamaracá com os aspectos poéticos e místicos de sua obra.
O carnavalesco Júnior Pernambucano está à frente do desenvolvimento do enredo que promete surpreender o público. Em abril deste ano, Maria Madalena Correia do Nascimento foi anunciada como a grande homenageada da agremiação carioca, e nas redes sociais, Lia de Itamaracá agradeceu emocionada a homenagem que coroa uma vida dedicada à cultura popular de Pernambuco.

Nenê de Vila Matilde: A história de Lia em versos e notas

A Nenê de Vila Matilde, por sua vez, prepara-se para encantar o público no dia 11 de fevereiro com o enredo “Cirandando a vida pra lá e pra cá, sou Lia, sou Nenê, sou de Itamaracá”. A escola paulista optou por uma abordagem que combina pesquisa histórica com liberdades poéticas para contar a trajetória da cantora e sua contribuição à cultura brasileira.
O samba escolhido para representar essa homenagem é da autoria dos compositores Kaska, Léo do Cavaco, Silas Augusto, Luís Mancha, Dr. Elio, Vitão e Bruno Giannelli. A canção mergulha fundo nos desafios enfrentados por Lia ao longo de sua vida, criando uma narrativa cativante que promete emocionar o público presente no Sambódromo de São Paulo.
O Carnaval de 2024 promete ser um momento especial para celebrar a riqueza cultural de Lia de Itamaracá, a “rainha da ciranda”, e as escolas de samba Império da Tijuca e Nenê de Vila Matilde estão preparando espetáculos à altura da importância dessa figura icônica da cultura pernambucana. A festa está marcada, e todos estão convidados a se encantarem com a magia do samba e da ciranda em homenagem a essa artista que tanto enriquece o nosso país com sua música e história.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *