segunda-feira, maio 20

Djavan traz turnê inédita do álbum “D” ao Classic Hall, neste domingo (2)

Depois de participar de grandes festivais durante o ano de 2022, a exemplo do Rock in Rio e Coala, Djavan volta ao Classic Hall, em Olinda, neste domingo (2), com o show da turnê mundial do novo álbum “D”. Homônima ao seu 25º álbum de estúdio. Com mesas e camarotes esgotados, restam apenas os últimos ingressos individuais, que custam a partir de R$ 100 e estão disponíveis na bilheteria do Classic Hall e no site Sympla.

A turnê ‘D’ passará por mais de 50 cidades do Brasil, da Europa e dos Estados Unidos. Além de faixas do último trabalho, a exemplo de ‘Num Mundo de Paz’ e ‘Primeira Estrada’, o repertório de aproximadamente 24 canções contemplará sucessos de todas as fases de sua discografia.
Foto: Divulgação

Embora sempre renove a lista de clássicos de uma turnê para a outra, Djavan ressalta que “músicas como ‘Sina’ e ‘Flor de Lis’ têm lugar cativo em todos os shows, porque são canções que o povo ama”. Para ele, o maior desafio na concepção de um novo espetáculo é “desenhar um roteiro equilibrado e diverso”. “Nos ensaios vamos buscar um formato que combine o clima solar e festivo de ‘D’ com os velhos sucessos. Isso, por si, já traz uma diversidade sonoro muito grande.”, ressalta Djavan.

O artista reúne mais uma vez um time de músicos que o acompanhou em diferentes fases da trajetória, todos eles presentes também nos créditos de ‘D’, no qual experimentou com diferentes formações em cada faixa. No palco, a voz e violão de Djavan ganham o reforço de Marcelo Mariano (baixo e vocal), Felipe Alves (bateria), João Castilho (guitarra e violão), Paulo Calasans (piano e teclado), Renato Fonseca (teclado e vocal), Jessé Sadoc (trompete e flugelhorn) e Marcelo Martins (saxofone, flauta e vocal).

Apesar de trazer uma banda semelhante à da turnê ‘Vidas pra Contar’ (2016), Djavan quer sempre “alcançar uma estética musical diferente dos shows anteriores”. “A sonoridade depende mesmo é do repertório escolhido e da cara que vamos querer dar para cada música. Mesmo sendo uma formação parecida com a da penúltima turnê, sempre trabalhamos para fazer com que o espetáculo soe bem original e distinto dos outros”, explica.

Para criar o conceito visual, o cantor aposta novamente na cenografia de Gringo Cardia e no desenho de luz de Césio Lima, Serginho Almeida e Mari Pitta, repetindo as parcerias bem-sucedidas realizadas no Rock in Rio e Coala. O próprio Djavan assina a direção musical do espetáculo.

SERVIÇO
Djavan – Turnê “D”
Local: Classic Hall – Av. Agamenon Magalhães, s/n – Olinda
Neste domingo (2 de ABRIL), a partir das 20h
Ingressos: a partir de R$ 100, à venda na bilheteria do Classic Hall e online no site Sympla
Informações: 3427.7501

Folha de Pernambuco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *