domingo, maio 19

Deputada Federal Maria Arraes destina R$ 1 milhão em emenda parlamentar para o Hospital da Restauração

Maior unidade de urgência e emergência do Nordeste recebe ajuda emergencial em meio à precariedade.

Maria Arraes
Foto: Reprodução
Em uma visita marcante ao Hospital da Restauração (HR), a deputada federal Maria Arraes (SD) anunciou na tarde da última quinta-feira (21) a destinação de R$ 1 milhão em emenda parlamentar à instituição de saúde. O HR, considerado o maior hospital de urgência e emergência do Nordeste, enfrenta sérios problemas de infraestrutura e superlotação, o que levou a parlamentar a tomar essa iniciativa em prol da população pernambucana.
Durante a visita, Maria Arraes expressou sua indignação com a situação em que o HR se encontra. Corredores superlotados, macas espalhadas pelo chão, tetos infiltrados e até relatos de baratas na comida dos pacientes evidenciam a precariedade do hospital. A deputada responsabiliza o Governo de Pernambuco pela gestão da unidade de saúde e critica a falta de investimentos adequados.
“Apesar de ser referência no tratamento de pacientes de alta complexidade, o HR está à beira do colapso. É inadmissível esse quadro de abandono por parte do Governo de Pernambuco. Essa ajuda emergencial é o que podemos fazer de imediato como parlamentar, mas vamos continuar cobrando do Executivo estadual que cumpra suas obrigações com a saúde de Pernambuco”, afirmou Maria Arraes.
A deputada destacou que seu mandato tem recebido denúncias diariamente sobre a situação precária do HR por meio dos canais de comunicação com a população. Ela ressaltou a tristeza de ver pessoas em estado de fragilidade sendo submetidas a condições degradantes e enfatizou a necessidade de respeito aos cidadãos.
A destinação dos recursos da emenda parlamentar visa auxiliar o HR a enfrentar os desafios imediatos, proporcionando uma melhoria nas condições de atendimento aos pacientes. A iniciativa de Maria Arraes reforça o compromisso com a saúde pública e coloca em evidência a urgência de ações concretas para solucionar os problemas enfrentados pelo hospital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *