domingo, julho 21

Concurso de Porta-estandarte anuncia vencedores

Concurso marca tradição e talento, que se destacam na premiação da Prefeitura do Recife, que distribuirá mais de R$ 69 mil em prêmios para os brincantes do Carnaval.

Concurso de Porta-estandarte anuncia vencedores
Concurso de Porta-estandarte anuncia vencedores. Foto: Divulgação

Ao som festivo dos clarins e acordes do renomado maestro Edson Rodrigues, o Pátio de São Pedro testemunhou, na noite de ontem (22), a consagração dos vencedores do Concurso de Porta-estandarte, Flabelista, Mestre-sala e Porta-bandeira. O evento é promovido pela Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Cultura e da Fundação de Cultura Cidade do Recife, há muitos carnavais.

As acirradas competições de ontem reuniram mais de 40 talentosos candidatos das categorias de Porta-estandarte de Clubes de Frevo e Troças Carnavalescas, Porta-estandarte de Maracatus de Baque Virado, Flabelistas de Blocos Líricos e Mestres Sala e Porta-Bandeiras de Escolas de Samba. Esta etapa encerrou a disputa iniciada no último domingo (21), quando 52 brincantes se apresentaram nas categorias Bois de Carnaval, Maracatu de Baque Solto, Tribos de Índio e Caboclinhos.

Ao todo, o concurso dedicado aos protagonistas que abrem alas para as agremiações distribuirá generosos prêmios, totalizando mais de R$ 69 mil. Nas categorias adultas, os campeões receberão R$ 2.700 (1º lugar) e R$ 1.800 (2º lugar), enquanto os vencedores nas categorias infantis serão premiados com R$ 1.800 (1º lugar) e R$ 1.440 (2º lugar).

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Vencedores em Destaque 🏆

A avaliação criteriosa, considerando elementos como diversidade de passos, postura cênica e figurinos, definiu os talentosos vencedores. Na categoria Bois de Carnaval (Infantil), Messias Alberto da Silva (Boi de Mainha) conquistou o 1º lugar, seguido por Marlon Eduardo Tavares de Melo (Boi Mimoso) em 2º lugar.

Para os Bois de Carnaval (Adulto), Cleiton da Silva de Santana (Boi Mimoso) foi o grande campeão, enquanto João Victor Leite da Silva Santos (Boi Mimoso) alcançou a 2ª posição.

No Maracatu de Baque Solto, Eder Oliveira Dias (Cruzeiro do Forte) ficou em 1º lugar, seguido por Gilson Pereira de Mendonça (Leão do Norte da Várzea) em 2º lugar.

As Tribos de Índio viram Gean Ribeiro da Silva (Tribo Orubá de Goiana) como o 1º colocado, com Jaqueline Ribeiro do Carmo (Tribo Orubá) em 2º lugar.

📲Siga nosso perfil no Instagram

Na categoria Caboclinho (Infantil), Davi Rodrigues de Amorim (Tupã) conquistou o 1º lugar, seguido por Davi Lucas Galdino Baracho (Canidé de Goiana) em 2º lugar.

Já no Caboclinho (Adulto), Wilson Alexandre do Nascimento (Flexa de Goiana) alcançou o 1º lugar, e Carlos Henrique da Silva (Kapinawá) ficou em 2º lugar.

No Maracatu Baque Virado (Adulto), Levi Carlos da Silva (Encanto da Alegria) foi o 1º colocado, com João Batista dos Santos Xavier (Várzea do Capibaribe) em 2º lugar.

Os Clubes de Frevo/Troças Carnavalescas (Adulto) tiveram como 1º colocado Ivanildo Ferreira da Silva (Bagaceira em Folia) e Jadson Martins Rodrigues da Silva (Chupa Neném) em 2º lugar.

Nos Blocos Líricos – Flabelista (Adulto), Barbara Graziela (Bloco da Saudade) conquistou o 1º lugar, e Maria Aparecida (Bloco Flor do Tamarindo) ficou em 2º lugar.

Finalmente, nas Escolas de Samba, Michael Barbosa da Silva (Mocidade dos Torrões) e Wilton Amaro da Hora (Gigante do Samba) foram os Mestres Sala (1º e 2º lugares, respectivamente). Nas posições de Porta Bandeira, Maiara Magly da Silva (Mocidade dos Torrões) alcançou o 1º lugar, enquanto Fernanda Nascimento (Limonil) ficou em 2º lugar.

O Concurso de Porta-estandarte 2024 reafirma a importância e a tradição dos artistas que conduzem as agremiações, promovendo um espetáculo visual único para os foliões que, ano após ano, celebram o Carnaval do Recife com paixão e entusiasmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *