segunda-feira, julho 22

Cesta básica em Pernambuco tem redução de 3,29% no valor mensal

Pesquisa do Procon-PE aponta variações expressivas nos preços de produtos essenciais.

Pernambuco
Foto: Divulgação/Procon PE

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de Pernambuco (Procon-PE) divulgou ontem quarta-feira 04/10 os resultados de sua pesquisa mensal sobre a cesta básica, revelando uma queda de 3,29% no valor médio dos produtos essenciais adquiridos pelos consumidores no estado. De acordo com o levantamento, o valor da cesta básica passou de R$ 655,05 para R$ 633,53, o que representa 47,99% do salário mínimo vigente em Pernambuco.
A pesquisa, que coletou dados de 27 itens, englobando 19 produtos de alimentação, 4 de limpeza doméstica e 4 de higiene pessoal, analisou preços em 24 estabelecimentos na Região Metropolitana do Recife.
Apesar da redução geral no custo da cesta básica, o estudo identificou variações significativas nos preços de diversos produtos. Notavelmente, o papel higiênico com quatro rolos de 30 metros apresentou a maior discrepância, sendo encontrado por R$ 1,99 no estabelecimento mais barato e por R$ 9,98 no mais caro, gerando uma diferença de 401,51%.
Outro produto que chamou a atenção foi o sabão em pó de 500g, com preços variando de R$ 1,39 a R$ 5,49, configurando uma diferença percentual de 294,96% entre os estabelecimentos.
Na categoria de alimentação, as variações de preços também surpreenderam. Um exemplo é o quilo da salsicha avulsa, que foi encontrado por R$ 5,99 em um estabelecimento e por R$ 19,99 em outro, configurando uma diferença de 233,72%. Já o quilo da farinha de mandioca torrada apresentou uma variação de 181,69%, com preços variando de R$ 4,15 a R$ 11,69 em diferentes locais.
O Procon-PE realiza essa pesquisa mensalmente para acompanhar a evolução dos preços dos produtos essenciais para os consumidores pernambucanos. Os resultados completos da pesquisa podem ser acessados no site oficial do Procon-PE, permitindo que os consumidores estejam informados sobre as variações de preços e tomem decisões mais conscientes nas compras de itens básicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *