segunda-feira, junho 17

Segunda parcela do programa Pé-de-Meia começa a ser paga nesta quinta

Beneficiários que mantiveram frequência escolar têm até o dia 3 de maio para receber a segunda parcela do incentivo. Programa agora inclui mais 1,2 milhão de alunos do CadÚnico.

Segunda parcela do Pé-de-Meia será paga a 2,5 milhões de estudantes. Foto Marcello Casal Jr
Segunda parcela do Pé-de-Meia será paga a 2,5 milhões de estudantes. Foto Marcello Casal Jr

Na próxima quinta-feira (25), cerca de 2,5 milhões de estudantes do ensino médio inscritos no Programa Pé-de-Meia começarão a receber a segunda parcela do incentivo financeiro de R$ 200. Esta fase de pagamentos, que se estenderá até o dia 3 de maio, está alinhada com a política de incentivo à permanência e conclusão escolar. Os depósitos serão realizados de acordo com a data de nascimento de cada beneficiário.

📘 Primeira Parcela e Critérios de Elegibilidade

A primeira parcela do incentivo foi paga entre o final de março e início de abril, visando recompensar a matrícula no programa. Para a segunda parcela, contudo, o critério principal é a manutenção de uma frequência média de 80% ao longo dos três meses letivos anteriores, conforme monitoramento das redes de ensino através do Sistema Gestão Presente (SGP).

📲Siga nosso perfil no Instagram

Recentemente, uma portaria foi emitida ajustando os prazos para que as redes de ensino possam enviar as informações necessárias de maneira mais eficaz. O Ministério da Educação assegurou que não haverá interrupções nos pagamentos, mesmo nos casos em que houve problemas no envio das frequências.

📈 Expansão do Programa e Novos Beneficiários

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a expansão do Pé-de-Meia, incluindo no programa estudantes de famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Com esta inclusão, mais 1,2 milhão de estudantes se beneficiarão do programa, elevando o total de jovens atendidos para aproximadamente 3,7 milhões.

Esses alunos, juntamente com os já contemplados pelo Bolsa Família, poderão acumular até R$ 9,2 mil em incentivos ao longo de três anos, contando com um aporte final de R$ 200 caso participem do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A participação no Enem é um incentivo adicional para encorajar os jovens a completarem o ensino médio e buscarem uma formação superior.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

🏫 Impacto Educacional e Social

O programa Pé-de-Meia é parte de um esforço maior do governo para reduzir a evasão escolar no ensino médio, etapa crucial para a formação educacional e profissional dos jovens brasileiros. Iniciativas como essa não só ajudam a manter os estudantes na escola, mas também contribuem para a melhoria do desempenho acadêmico e aumento das taxas de conclusão.

À medida que o governo federal procura fortalecer a educação básica no país, programas como o Pé-de-Meia se mostram essenciais na luta contra as desigualdades sociais e na promoção de oportunidades para todos. A expectativa é que esses incentivos financeiros continuem a motivar os estudantes a perseguirem seus objetivos educacionais, culminando em um futuro mais promissor para as novas gerações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *