domingo, fevereiro 25

Prefeitura do Recife entrega 224 apartamentos em ação habitacional

Projeto Sérgio Loreto beneficia 900 pessoas de baixa renda na Comunidade Roque Santeiro, no Recife, com investimento de R$ 22,8 milhões e participação de lideranças políticas.

Prefeitura do Recife concretizou, nesta terça-feira (26), a entrega de 224 apartamentos do conjunto habitacional Sérgio Loreto. Foto - Ricardo Fernandes
Prefeitura do Recife concretizou, nesta terça-feira (26), a entrega de 224 apartamentos do conjunto habitacional Sérgio Loreto. Foto – Ricardo Fernandes

Em uma cerimônia marcada pela esperança e gratidão, a Prefeitura do Recife concretizou, nesta terça-feira (26), a entrega de 224 apartamentos do conjunto habitacional Sérgio Loreto, situado no bairro de São José, próximo à praça homônima, na região central da cidade. O empreendimento representa um alívio para cerca de 900 pessoas de baixa renda da Comunidade Roque Santeiro, nos Coelhos, também no centro da capital pernambucana.

🏠 Com um investimento total de R$ 22,8 milhões, provenientes da gestão municipal e recursos do governo federal, por meio do Ministério das Cidades, o Sérgio Loreto é composto por 224 unidades habitacionais, distribuídas em sete blocos de três andares mais térreo. Cada apartamento possui 40m², proporcionando condições dignas de moradia para as famílias beneficiadas.

O prefeito João Campos, do PSB, liderou a cerimônia de entrega, acompanhado de diversas lideranças políticas, como o vereador Marco Aurélio Filho (PRTB), o deputado estadual Rodrigo Farias (PSB) e o deputado federal Pedro Campos (PSB). A presença de representantes de diferentes esferas políticas reforça a importância do projeto para a comunidade e a cidade como um todo.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

🤝 Em seu discurso, João Campos destacou o compromisso da gestão com a redução das desigualdades sociais e ressaltou: “Essas famílias estavam praticamente todas em áreas de palafitas na Comunidade do Roque Santeiro [atrás do Hospital Esperança, perto do Hope]. Era um compromisso nosso fazer essa entrega, um habitacional que há muitos anos a cidade esperava. Hoje está feita e mais uma vez priorizando quem está em situação de vulnerabilidade.”

💡 O prefeito também anunciou planos futuros para a área, mencionando a publicação, ao final da semana, de uma licitação para a criação de áreas de convivência após a realocação das famílias. Ele ressaltou a importância desse planejamento para o crescimento sustentável da cidade, visando evitar situações precárias no futuro.

🔑 A escolha dos beneficiários ocorreu por meio de um sorteio realizado pela Secretaria de Habitação do Recife no início de dezembro. Idosos e pessoas com deficiência foram privilegiados com unidades nos andares inferiores, buscando proporcionar maior acessibilidade e conforto.

📲Siga nosso perfil no Instagram

Durante a entrega, João Campos anunciou a inscrição de mais 1400 unidades habitacionais no Programa Minha Casa Minha Vida, reforçando o compromisso contínuo da prefeitura com a habitação popular.

🏡 Emocionados, os beneficiários expressaram a longa espera pelo novo lar. Waldomiro Luiz da Silva, conhecido como Miró, de 54 anos, compartilhou sua gratidão: “Muitos anos de luta, de sofrimento. Um estado precário e situação de precariedade, mas hoje graças a Deus recebendo a chave para ter um descanso.”

Maria da Conceição, 52 anos, a primeira a receber simbolicamente a chave de João Campos, não escondeu sua ansiedade: “Muito feliz, eu não estava nem dormindo a noite aguardando a chegada da chave no meu apartamento. Era muita ansiedade”, afirmou ela, que vai morar com dois filhos no novo local.

Este evento segue a entrega do conjunto habitacional Encanta Moça 1 e 2, no Pina, na Zona Sul da Cidade, consolidando o compromisso da prefeitura em fornecer 800 unidades até fevereiro de 2024. Ações como essas destacam a relevância da parceria entre os setores público e privado na construção de um futuro habitacional mais justo e igualitário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *