segunda-feira, maio 20

Morte de criança por dengue é o 2º óbito pela doença, neste ano, em Pernambuco

 Até agora cinco casos de morte por arboviroses aconteceram no estado 

 

Foto: Freepik
A confirmação da morte de um menino de 8 anos, que morava em Petrolina, Sertão do estado, em decorrência da dengue, foi feita pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) na terça-feira (27). Esse é o segundo óbito registrado em Pernambuco neste ano.
O óbito aconteceu no dia 19 de março, mas a causa só foi confirmada ontem, quando saiu a divulgação do boletim da SES-PE, relativo a 24ª semana epistemológica, encerrado dia 17 de junho. O boletim traz o balanço da atuação de arboviroses (doenças causadas por vírus transmitidos principalmente mosquitos) no estado.
Nos municípios de Petrolina, Araripina, Bodocó, Exu, Moreilândia e Petrolândia, foram identificados o sorotipo 1 do vírus da dengue (DENV-1). O sorotipo DENV-2 também foi identificada circulando em cidades pernambucanas.
A análise para validação das arboviroses (zika, dengue ou chicungunha) é longa, por isso os resultados demoram a sair. Além dos dois óbitos causados pela dengue, três mortes por chicungunha aconteceram neste ano.
Em 2023, Pernambuco registrou 14.854 casos suspeitos de dengue, dos quais 1.606 tiveram confirmação. Com relação a chicungunha, foram 3.871 casos suspeitos com a confirmação de 549. Já o vírus da zika, contabilizou 642 casos, mas sem mortes notificadas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *