terça-feira, maio 28

Morre torcedora ferida durante conflito entre torcidas de Palmeiras e do Flamengo

A jovem estava internada na Santa Casa e já tinha sofrido duas paradas cardíacas

Foto: Reprodução

 

A torcedora Gabriela Anelli, de 23 anos, morreu na desta segunda-feira (10). A jovem estava internada em estado grave na Santa Casa, depois de ser atingida no pescoço por uma garrafa de vidro, durante confusão entre torcedores do Palmeiras e do Flamengo, no sábado (08).

Nas redes sociais, a família de Gabriela comunicou o óbito. “Obrigado a todos que oraram pela minha irmã. Mas ela foi morar com o papai do céu. Tem coisas que acontecem que estão além do nosso limite do entendimento. Sei o quanto você lutou cada segundo e você de fato sempre foi uma guerreira”, disse o Felipe Marchiano, irmão da jovem.

A torcedora estava internada na Santa Casa, em São Paulo, e já havia sofrido duas paradas cardíacas. Ela foi socorrida pela ambulância que fica no Estádio Allianz Parque. Na ocasião, Gabriela estava na fila para entrar no estádio quando uma briga entre as torcidas organizadas dos dois times começou.

A Polícia Militar estava no local e prendeu, em flagrante, o homem que arremessou a garrafa de vidro. Nas redes sociais, jogadores do Palmeiras se solidarizaram com a família e amigos.

Mariana Anelli, prima da torcedora, desabafou em entrevista ao jornal Bora Brasil, que “Essa violência no futebol precisa acabar, o fanatismo no futebol precisa acabar. A família sofre. Precisa acabar! As pessoas estão ficando fanáticas, ficando doentes por causa do futebol. Essas pessoas precisam ser punidas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *