sábado, fevereiro 24

Messi incentivou jogadores argentinos a deixarem gramado do Maracanã após confusão

Alguns jogadores da Argentina não gostaram da atitude dos brasileiros, em especial Messi, que discutiu com Rodrygo na volta ao campo.

Messi saindo de campo no Maracanã após confusão entre torcedores. Foto - Carl de Souza - AFP
Messi saindo de campo no Maracanã após confusão entre torcedores. Foto – Carl de Souza – AFP

O jogador Lionel Messi foi o grande incentivador dos jogadores da Argentina a deixarem o gramado do Maracanã após a confusão entre torcedores do Brasil e argentinos no setor sul do estádio carioca nesta terça-feira (21), pouco antes da bola rolar para o duelo entre as duas seleções pela sexta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026.

Inicialmente, os jogadores da atual seleção campeã mundial não queriam regressar ao gramado. Dirigentes da AFA, entidade máxima do futebol argentino, até cogitaram solicitar o adiamento da partida, mas Rodrigo Paiva, diretor de comunicação da CBF, foi fundamental para mudar a situação do cenário.

Em contato rápido com diretores argentinos, ficou decidido que os ‘hermanos’ esperariam 15 minutos e voltariam ao campo se a confusão nas arquibancadas terminasse, o que aconteceu.

A postura dos atletas da Amarelinha em ficarem no gramado foi fundamental para que os argentinos regressassem. Se os brasileiros também deixassem o campo de jogo, a tendência seria que os rivais se recusassem a jogar nesta terça-feira (21). Porém, a permanência abriu margem para uma derrota por W.O, que também motivou a volta dos atletas da Argentina.

Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

👥 Atletas da Argentina retornam ao campo após conversa com dirigentes

Paiva passou a mensagem à comissão técnica e, pouco depois, Fernando Diniz, técnico da Seleção Brasileira, reuniu os jogadores e pediu para que eles ficassem em campo. Passado o tempo solicitado pelos argentinos, a Albiceleste retornou ao gramado e a partida iniciou com 27 minutos de atraso.

Alguns jogadores da Argentina não gostaram da atitude dos brasileiros, em especial Messi, que discutiu com Rodrygo na volta ao campo. Antes de irem ao vestiário, o meia Rodrigo De Paul reclamou com Gabriel Jesus, que relembrou o episódio da última Eliminatória, quando um fiscal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) impediu a realização do clássico com o jogo sendo paralisado após os primeiros minutos. O duelo em questão aconteceu em São Paulo, na Neo Química Arena.

Em resumo, a confusão nas arquibancadas do Maracanã durante o duelo entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 gerou uma tensão entre os jogadores. A postura dos atletas brasileiros em permanecer no gramado foi fundamental para que a partida não fosse adiada ou encerrada por W.O. e os argentinos regressassem ao campo após uma conversa com dirigentes. Porém, alguns jogadores argentinos não ficaram satisfeitos com a atitude dos brasileiros e houve um clima de tensão após o jogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *