sábado, fevereiro 24

Evento no Recife discute a relevância da liderança e da cultura

Evento no Recife discute a relevância da liderança e da cultura para a evolução das práticas ESG.

Evento no Recife discute a relevância da liderança e da cultura para a evolução das práticas ESG
Evento no Recife discute a relevância da liderança e da cultura para a evolução das práticas ESG. Foto: Divulgação

No próximo dia 6, a Associação Brasileira de Recursos Humanos – seccional Pernambuco (ABRH-PE) promove o primeiro Fórum ESG no cinema do Porto Digital, no Recife, o evento, que ocorrerá das 8h às 13h. Reúne profissionais e representantes de Recursos Humanos de diversas empresas do Estado para debater a importância da liderança, cultura e dos princípios ESG (Ambiental, Social e Governança).

O termo ESG, proveniente do inglês Environmental, Social and Governance, representa os pilares que orientam as práticas de sustentabilidade nas organizações. A sigla, que cresceu 150% nas buscas no Brasil até fevereiro do ano passado, indica uma tendência cada vez mais relevante no mundo empresarial.

Para Moacy Freitas, presidente da ABRH-PE, apesar do aumento nas buscas e do destaque nas discussões empresariais, ainda existe uma dissonância entre o interesse pelo ESG e a efetiva implementação dessas práticas. Freitas acredita que é essencial que as ações sejam bem estruturadas para gerar resultados concretos nesse caminho de transformação.

O evento terá início com a apresentação do projeto social do Ária Social e em seguida, Catharina Machado, diretora de Pessoas e Sustentabilidade no Grupo Cornélio Brennand, compartilhará sua experiência na implantação da jornada ESG no grupo.

A palestra mais aguardada do evento será ministrada por Ricardo Voltolini, diretor de Sustentabilidade da ABRH-Brasil e fundador da Ideia Sustentável. Com vasta experiência na área, Voltolini, conhecido como o “papa do ESG”, abordará o cenário ESG no Brasil, discutindo a liderança sustentável e os desafios que envolvem essa temática. Voltolini é autor de mais de 10 livros sobre sustentabilidade empresarial e ESG, incluindo o recente “Vamos Falar de ESG? Provocações de um pioneiro em sustentabilidade empresarial”, onde aborda a história do ESG e seus dilemas, temas e desafios.

A segunda metade do evento será dedicada a painéis de cases, com representantes de quatro empresas de destaque em Pernambuco. Maria Lúcia Dubeux, diretora de Gente, Gestão e Cultura na Moura Dubeux; Daniella Pessoa, gerente de estratégia Climática e Ambiental na M. Dias Branco; Catharina Machado, diretora de Pessoas e Sustentabilidade no Grupo Cornélio Brennand; e Mirna Morales, gerente corporativa de RH no Grupo Raymundo da Fonte, compartilharão as experiências de suas organizações na implementação de práticas ESG.

Os painéis abordarão os desafios e oportunidades enfrentados por essas empresas, além dos benefícios alcançados com a adoção de uma cultura e liderança voltadas para o ESG.

O evento acontecerá no cinema do Porto Digital, Edifício Vasco Rodrigues, na Avenida Cais do Apolo, nº 222, no 16º andar. As inscrições estão abertas e podem ser feitas através do link even3.com.br/esg2023. Os valores de investimento variam de acordo com a categoria do participante, sendo R$ 120,00 para profissionais sócios da ABRH-PE, R$ 180,00 para profissionais não sócios, R$ 60,00 para estudantes sócios e R$ 90,00 para estudantes não sócios.

O Fórum ESG promovido pela ABRH-PE promete ser um evento de relevância para aqueles que desejam compreender melhor e se aprofundar nas práticas de sustentabilidade e responsabilidade social nas empresas, destacando a importância da cultura e liderança nesse contexto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *