segunda-feira, junho 17

Daniel Coelho se Filia ao PSD para disputa do Recife

Ex-deputado Daniel Coelho, pré-candidato surge na corrida pela Prefeitura, alinhado à base governista, buscando apoio amplo em evento de filiação.

Daniel Coelho se filia ao PSD para disputar prefeitura do Recife. Foto - Divulgação
Daniel Coelho se filia ao PSD para disputar prefeitura do Recife. Foto – Divulgação

Nesta sexta-feira (5), no Beach Class Convention, em Boa Viagem, o cenário político do Recife ganhou mais um protagonista: Daniel Coelho, secretário do Estado e membro da base governista liderada por Raquel Lyra, ingressou no PSD, ampliando o espectro de candidaturas para a próxima eleição municipal.

Daniel Coelho, que já figura na base do governo de Raquel Lyra, tomou sua decisão de se filiar ao PSD em meio a um evento cerimonioso liderado por André de Paula, presidente estadual do partido. A ação contou com a presença de diversas figuras políticas influentes, incluindo ex-senadores, deputados estaduais e federais, além da própria governadora Raquel Lyra e vice-governadora Priscila Krause.

📲Siga nosso perfil no Instagram

O novo pré-candidato justificou sua escolha pelo PSD em detrimento do PSDB, partido da governadora, destacando a importância de fortalecer a coalizão partidária que sustenta o governo estadual. Em sua fala à imprensa, Coelho ressaltou a necessidade de colaboração entre diferentes forças políticas na realização de projetos transformadores em Pernambuco.

“Dentro desse entendimento aqui no Recife, a gente disputa no PSD e nós vamos estar nos ajudando mutuamente nos diversos municípios. Aonde tiver PP, PSD, PSDB e as forças do Governo na sua maioria vão estar juntos”, afirmou o novo filiado.

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

Essa movimentação política evidencia a dinâmica complexa e estratégica da corrida eleitoral na capital pernambucana. Enquanto o PSDB se mantém como protagonista tanto na eleição municipal quanto na esfera estadual, a entrada de Daniel Coelho no PSD sugere uma estratégia de ampliação de alianças e fortalecimento da base governista.

No entanto, fica em aberto como essa nova configuração política impactará o cenário eleitoral e as alianças partidárias nos meses que antecedem as eleições. O discurso de cooperação e apoio mútuo entre as legendas sugere um esforço conjunto para alcançar objetivos comuns, mas a efetividade dessa colaboração será posta à prova no calor da disputa eleitoral.

Com a oficialização da pré-candidatura de Daniel Coelho pelo PSD, a corrida pela Prefeitura do Recife ganha contornos mais definidos, enquanto os eleitores aguardam para ver como as peças desse jogo político se movimentarão nos próximos meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *