segunda-feira, maio 20

Comando dos EUA afirma ter matado líder do Estado Islâmico na Síria

O líder Usamah al-Muhajir foi morto por drones não tripulados

Foto: John Moore/Getty Images
No domingo (09), o Comando Central dos Estados Unidos (EUA) disse que um líder do Estado Islâmico, Usamah al-Muhajir, foi morto durante ataque de drones na sexta-feira (07), na Síria.
De acordo com o Comando, Usamah era uma das lideranças que atuavam as operações no leste do país. “O Comando Central dos EUA realizou um ataque na Síria que resultou na morte de Usamah al-Muhajir, um líder do Estado Ismâmico no leste”.
Segundo a organização, “não há indícios de que nenhum civil tenha sido morto nesse ataque”. O líder do Comando, general Michael “Erik” Kurilla, disse que o grupo jihadista, derrotado em 2019, “segue sendo uma ameaça, não apenas para a região [do Oriente Médio], mas muito além”.
As autoridades informaram que foram utilizados drones MQ-9, drones não tripulados, mesmo modelo usado no conflito, que durou duas horas no começo do dia, contra aeronaves russas. Por meio de comunicado, os EUA denunciaram que aviões russos estavam lançando sinalizadores de paraquedas contra o equipamento estadunidense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *