segunda-feira, maio 20

Caixa amplia financiamento do Minha Casa, Minha Vida para imóveis de até R$ 350 mil

Novas medidas beneficiam famílias de diferentes faixas de renda

Foto: Divulgação
A Caixa Econômica Federal começará a implementar as medidas do novo programa Minha Casa, Minha Vida, anunciadas pelo Conselho Curador do FGTS, a partir do dia 7 de julho.
Uma das principais mudanças é a possibilidade de financiamento de imóveis de até R$ 350 mil para famílias da faixa 3, com renda mensal de até R$ 8 mil. Anteriormente, o valor máximo para essa faixa era de R$ 264 mil. Além disso, o subsídio destinado à complementação da compra do imóvel pelo programa foi ampliado. Agora, o valor máximo, que antes alcançava R$ 47,5 mil, foi aumentado para R$ 55 mil, considerando fatores como população, aspectos sociais e renda.
Maria Rita Serrano, presidente da Caixa, afirma que as contratações com as novas condições do Minha Casa, Minha Vida estarão disponíveis a partir do próximo mês nas agências do banco e também nos correspondentes da Caixa em todo o país. Para famílias das Faixas 1 e 2, com renda de até R$ 4.400,00, o limite do valor do imóvel passa a variar entre R$ 190 mil e R$ 264 mil, dependendo da localidade.
Outra mudança importante é a ampliação da faixa de renda contemplada. A Faixa 1 do programa, anteriormente destinada a famílias com renda de até R$ 2 mil, agora abrangerá famílias com renda de até R$ 2.640,00. Isso permite que mais pessoas tenham acesso aos financiamentos e aos descontos proporcionados pelos recursos do FGTS.
Dentro das novas condições, também houve uma redução de 0,25 ponto percentual nas taxas de juros oferecidas para famílias com renda de até R$ 2 mil. Nas regiões Norte e Nordeste, a taxa passou de 4,25% para 4% ao ano, e nas demais regiões, de 4,50% para 4,25% ao ano. Essa medida busca tornar os financiamentos mais acessíveis e atrativos para os beneficiários do programa em todo o país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *