domingo, fevereiro 25

Bebê de três meses morre e pais são presos por suspeita de tortura e maus-tratos, em Paulista

Caso envolve detenção de adolescente de 17 anos e mãe de 19 anos; polícia investiga tortura e homicídio culposo

Paulista
Foto: Bruno Lafaiete/ Tv Globo
Um bebê de apenas três meses perdeu a vida em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR), após não resistir aos ferimentos causados por atos de tortura e maus-tratos. Os pais da vítima, um adolescente de 17 anos e a mãe, de 19 anos, foram detidos em flagrante sob suspeita de envolvimento nos crimes.
A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) mobilizou uma equipe da Força-Tarefa do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) após receber o chamado na tarde da última quinta-feira (21) para investigar o óbito da bebê.
A criança deu entrada no Hospital Miguel Arraes (HMA), na mesma cidade, em estado desacordado e com múltiplas lesões resultantes de agressões por todo o corpo. A equipe médica da unidade constatou que havia queimaduras, traumas e mordeduras, configurando um cenário que indicava claramente a prática de tortura.
Conforme informou a assessoria de imprensa da PCPE, os pais da bebê foram presos em flagrante e estão enfrentando acusações de homicídio culposo e tortura com resultado morte. A identificação oficial dos suspeitos não foi divulgada pela polícia.
Um inquérito foi instaurado para esclarecer todos os detalhes do caso, e os pais foram encaminhados para a sede do DHPP, localizada no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife. Eles permanecerão à disposição da Justiça enquanto as investigações prosseguem.
O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), situado na área Central do Recife, onde serão realizados exames e procedimentos periciais para contribuir com as investigações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *