domingo, fevereiro 25

Vereadores de Vitória de Santo Antão aumentam os próprios salários em 56% em votação que durou 10 segundos

Aprovado em tempo recorde, projeto de aumento de salários dos parlamentares gera controvérsia e questionamentos legais.

Em uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Vitória de Santo Antão, situada na Zona da Mata de Pernambuco, foi aprovada a proposta de aumento dos salários dos vereadores, em um episódio que levanta questionamentos sobre a transparência e o devido processo legal. A votação, que ocorreu na última quinta-feira, dia 21 de setembro, foi concluída em incríveis 10 segundos e resultou em um aumento salarial de 56% para os legisladores municipais.
Atualmente, os vereadores recebem uma remuneração mensal de exatos 10 mil reais. No entanto, após a aprovação do Projeto de Decreto Legislativo 76/2023, os salários serão reajustados para R$ 15.600,00, o que representa um aumento substancial.
A votação relâmpago aconteceu de forma unânime, com todos os presentes na sessão concordando com o aumento. A velocidade da decisão surpreendeu a população e gerou um intenso debate na cidade. Muitos questionaram a falta de debate público e a ausência de informações detalhadas sobre os motivos que levaram os vereadores a propor e aprovar esse aumento salarial.
Dois vereadores, Carlos Henrique Queiroz e André Carvalho, manifestaram a intenção de entrar com um pedido liminar para a anulação da votação. Eles alegam que o processo foi conduzido de maneira apressada e sem a devida transparência, levantando dúvidas sobre sua legitimidade.

Plenário da Câmara de Vitória de Santo Antão
Foto: Divulgação / Câmara de Vitória
A Câmara Municipal de Vitória de Santo Antão enfrenta agora uma série de desafios para esclarecer os critérios e justificativas por trás desse aumento inesperado. A população aguarda uma resposta oficial dos legisladores, enquanto o debate sobre o reajuste salarial continua a ganhar destaque na cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *