sábado, junho 22

Suspeito de participar de ataque em colégio de Cambé é preso em Pernambuco

 O homem foi detido em Gravatá a pedido da Polícia Civil do Paraná 

Foto: Arquivo Pessoal 

Na quarta-feira (21), um homem de 18 anos foi preso pela Polícia Civil de Pernambuco, no município de Gravata (PE), por envolvimento no atentado da segunda-feira (19) contra o Colégio Estadual Professora Helena Kolody, localizado em Cambé, no Paraná. Dois jovens morreram em decorrência do ataque, a estudante Karoline Verri Alves, de 17 anos, e seu namorado Luan Augusto, de 16. 

A ação de busca e apreensão partiu da Polícia Civil do Paraná e contou com a ajuda dos policiais de Pernambuco para localizar o suspeito e detê-lo. Em nota a Secretaria de Defesa Pessoal de Pernambuco (SDS-PE) declarou que “Na data de ontem, a Polícia Civil do Paraná solicitou o apoio da Polícia Civil de Pernambuco na localização do indivíduo e na data de hoje cumprimos os mandados de prisão e buscas”. 

Na terça-feira (20), o autor do ataque, que era ex-aluno da escola, foi encontrado morto na cela em que estava detido desde o dia anterior, na Casa de Custódia de Londrina. De acordo com a polícia do Paraná, o homem tirou a própria vida. O Departamento de Polícia Penal está analisando o caso internamente.   

Na segunda, outro homem, de 21 anos, foi preso acusado de fazer parte do planejamento do ataque, segunda a polícia.  Sobre o suspeito preso em Gravatá, a SDS-PE ainda não revelou mais informações, “porque as investigações ainda estão em andamento na Polícia Civil do Paraná”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *