terça-feira, maio 21

Pernambuco aposta na Ciência e Inovação para o futuro

Governadora de Pernambuco Raquel Lyra anuncia recursos para pesquisas em energias renováveis durante conferência regional. Evento visa estratégias nacionais para a próxima década.

Pernambuco aposta na Ciência e Inovação para o futuro
Pernambuco aposta na Ciência e Inovação para o futuro. Foto: Divulgação

Durante a etapa Nordeste da 5ª Conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação, que se realiza esta semana, a governadora de Pernambuco, Raquel Lyra, reforçou a capacidade do estado como um polo de desenvolvimento científico e inovador. 🌱🔬

Em seu discurso, a governadora destacou a importância da colaboração entre o estado e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, liderado por Luciana Santos, também pernambucana, ressaltando as virtudes da parceria: “O Nordeste é visto como uma região de grande potencial para desenvolvimento de energias renováveis e para a nova industrialização. Estamos destinando R$ 4 milhões para impulsionar pesquisas sobre energias renováveis e, além disso, R$ 10 milhões para o programa Cientista Arretado, focado na inovação no serviço público,” declarou Lyra.

🌟 Pernambuco tem sido pioneiro em diversas frentes de ciência e tecnologia, sendo o primeiro estado a sediar a conferência e o mais inovador do Nordeste, segundo rankings nacionais. A secretária estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Mauricélia Montenegro, expressou o valor de sediar a conferência: “É uma vitrine e uma alavanca para atrair mais investimentos e desenvolver ainda mais nosso trabalho científico.”

📲Siga o canal “Fala News” no WhatsApp

A conferência, que ocorre até sexta-feira (3), tem o objetivo de definir coletivamente as diretrizes e estratégias para o setor científico e tecnológico nacional para a próxima década. A etapa nacional será realizada em Brasília, de 4 a 6 de junho.

📊🌍 O evento também foi palco para a discussão de políticas públicas prioritárias para o Nordeste, com participação de representantes da sociedade civil, empresários e agentes públicos dos nove estados da região. Essas propostas serão levadas para a conferência nacional, visando integrar as necessidades regionais nas políticas nacionais.

Durante o evento, a ministra Luciana Santos elogiou os esforços do estado, apontando os investimentos recentes: “No último ano, conseguimos direcionar R$ 68 milhões da Finep para fortalecer a infraestrutura de ciência e tecnologia em Pernambuco, especialmente nas universidades.”

A presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), Fernanda Pimentel, celebrou a nova liberação de recursos, que apoiarão um edital focado em energias renováveis e descarbonização. “Buscamos promover uma sinergia entre pesquisadores de diversas áreas e regiões do estado, priorizando algumas linhas estratégicas essenciais para nosso desenvolvimento,” explicou Pimentel.

📲Siga nosso perfil no Instagram

O encontro contou ainda com a presença de figuras importantes como a deputada federal Iza Arruda, o secretário estadual de Recursos Hídricos e Saneamento, Almir Cirilo, e o reitor da Universidade Federal de Pernambuco, Alfredo Gomes, além de outros secretários estaduais do Nordeste.

Este evento representa um momento crucial para a definição do futuro científico e tecnológico de Pernambuco e do Brasil, colocando as bases para um desenvolvimento sustentável e inovador na região e no país. 🌿🔍

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *